Enigma para Demônios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Enigma para Demônios
 Brasil
1975 •  cor •  98 min 
Direção Carlos Hugo Christensen
Roteiro Carlos Hugo Christensen(roteiro)
Orígenes Lessa (diálogos)
Elenco Monique Lafond
Mario Brasini
Lícia Magna
Rodolfo Arena
José Mayer
Gênero Suspense
Terror
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Enigma para Demônios é um filme brasileiro de 1975, dos gêneros suspense e terror, escrito e dirigido por Carlos Hugo Christensen, e com roteiro baseado no conto Flor, Telefone, Moça, de Carlos Drummond de Andrade.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Jovem órfã que vivia em Buenos Aires vai morar com os tios em Ouro Preto, para tomar posse da sua herança. Ao visitar o cemitério onde a mãe foi enterrada, pega uma flor em um túmulo qualquer. A partir desse dia, ela começa a receber estranhos telefonemas ameaçadores.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio APCA 1977

  • Venceu na categoria de melhor fotografia (Antônio Gonçalves).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O filme marcou a estréia de José Mayer no cinema.[2]


Referências