Enseada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Enseada (desambiguação).

Enseada é uma reentrância aberta da costa em direção ao mar, geralmente limitada por dois promontórios (porções mais elevadas).[1] O termo deriva da palavra seio ou seno ("curvatura")[1] e refere-se a um recorte da linha costeira, o qual forma uma pequena baía. Antigamente, para os vários povos navegadores, as enseadas eram ótimos locais para desembarque de tropas em longos períodos de guerra.

O escritor Francisco de São Luiz Saraiva deu uma explicação bem clara do termo no livro Ensaio sobre alguns synonymos da lingua Portugueza, volume 2, de 1828:

«Enseada refere propriamente à curvatura das praias ou ribeiras do mar, a qual faz uma espécie de arco, ou seio, em que entram as águas (...)»[2]

Alguns exemplos de enseada da costa brasileira:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Editores do Aulete (2007). Verbete enseada Dicionário Caldas Aulete. Visitado em 15 de setembro de 2015.
  2. Francisco de São Luiz Saraiva. Ensaio sobre alguns synonymos da lingua Portugueza, Volume 2. [S.l.]: Academia R. das Sciencias, 1828. 222 p.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.