Entaku no Kishi Monogatari: Moero Arthur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Enako no Kishi Monogatari: Moero Arthur
円卓の騎士物語 燃えろアーサー
Género Aventura
Anime
(Rei Arthur BR)
Direção Masayuki Akihi
Produção Minoritoko Katsuta
Roteiro Baseado na história original Os Cavaleiros da Távola Redonda
Música Shunsuke Kikuchi
Estúdio Toei Animation
Emissoras de TV Fuji Television
Emissoras lusófonas SBT
Rede Record
TV Corcovado
Nº de episódios 52
(Somente 30 episódios foram ao ar no Brasil)

Rei Arthur, conhecido como Entaku no Kishi Monogatari Moero Arthur (円卓の騎士物語 燃えろアーサー, Entaku no Kishi Monogatari Moero Āsā?) no Japão, é uma série de anime baseada na lenda arturiana. Produzida pela Toei Animation, foi exibida originalmente entre 9 de setembro de 1979 e 3 de março de 1980.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Foi veiculada na década de 1980 pelo SBT[2] e pela Rede Record. Já na década de 1990, o anime foi ao ar pela extinta TV Corcovado, canal 9 do Rio de Janeiro.

A série foi produzida pela renomada Toei Animation, em 1979, com 52 episódios, mas somente os 30 primeiros foram transmitidos pelo Brasil, com a música de abertura composta por Mário Lúcio de Freitas, ao invés da original (interpretada por Isao Sasaki e Koorogi '73).

A história se baseia nas lendas populares do Rei Arthur e seus Cavaleiros da Távola Redonda, os quais travam lutas contra a bruxa Morgana, além do Rei Levik e seus asseclas. O famoso Mago Merlin irá ajudar Arthur a vencer seus inimigos. A série foi dividida em duas partes. Na primeira, o Rei Arthur enfrenta a malvada Morgana e Levik. Na segunda, o poderoso Rei Viking, que na verdade era o próprio Levik, que não havia morrido. Esta última foi exibida de forma incompleta.

Referências

  1. «King Arthur» (em inglês). Toei Animation. Consultado em 2 de abril de 2013. 
  2. Saraiva, Danilo (3 de novembro de 2005). «Os infantis dos anos 80». ohaYO!. Consultado em 2 de abril de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]