Epeu (filho de Endimião)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) o construtor do cavalo de Troia, veja Epeu.

Epeu, na mitologia grega, foi o filho e sucessor de Endimião, rei de Élis.

Família[editar | editar código-fonte]

Endimião era filho de Étlio,[1][2] filho de Zeus e Protogênia, filha de Deucalião.[3][2] A mãe de Endimião era Cálice,[1] filha de Éolo e Enarete.[4]

Endimião teve cinquenta filhas com a deusa Selene,[5] ou, mais provavelmente, teve três filhos Peão, Epeu e Étolo, e uma filha, Eurícida.[5] A sua esposa poderia ser Asteródia, Cromia, filha de Ítono, filho de Anfictião, Hipéripe, filha de Arcas,[5] uma náiade ou Ifianassa.[6]

Reinado[editar | editar código-fonte]

Endimião fez seus filhos correrem em Olímpia, e o vencedor, Epeu, foi nomeado seu sucessor.[5] A partir deste momento, os habitantes passaram a se chamar epeus.[5]

Seu irmão Étolo permaneceu em casa, mas Peão, envergonhado, mudou-se para a região além do rio Axius, que passou a se chamar Peônia.[7]

Epeu casou-se com Anaxiroe, filha de Coronus, e teve uma filha, Hyrmina, mas nenhum filho.[8] Durante o reinado de Epeu, Enomau, filho de Alxion (ou de Ares) foi derrotado por Pélope, o lídio, que vinha da Ásia.[8]

Após a morte de Enomau, Pélope tomou posse de Pisa, incluindo Olímpia, que foi separada do reino dos epeus.[9]

Sucessão[editar | editar código-fonte]

O sucessor de Epeu foi seu irmão Étolo, porém este teve que fugir do Peloponeso, por causa dos filhos de Ápis, filho de Jasão de Palântio da Arcádia.[10] Nos jogos em honra a Azan, o carro de Étolo atropelou e matou Ápis, e seus filhos o perseguiram por homicídio involuntário.[10] O sucessor de Étolo foi seu sobrinho Élio, filho de Eurícida e Posidão.[10] O filho e sucessor de Élio foi Aúgias, famoso pela quantidade de gado que tinha, e da quantidade de esterco que o gado produziu.[11]

Referências


Caixa de sucessão segundo Pausânias:

Precedido por
Endimião
Rei de Élis
Sucedido por
Élio