Organizações criminosas de Pokémon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Equipe Rocket)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Na série Pokémon aparecem diferentes organizações criminosas cujos os objetivos são variáveis. Para cumprir seus objetivos, eles pretendem usar o poder dos pokémons para batalhar e por isso buscam capturar pokémons poderosos.

Equipe Rocket[editar | editar código-fonte]

Seu símbolo.

A Equipe Rocket (foguete, em inglês) é o time de vilões no mundo de Pokémon. Seu plano é roubar Pokémons fortes para dominarem o mundo, sendo que seus planos sempre fazem maldades que afetam a vida de todos. A Equipe Rocket aparenta ter sido inspirada na máfia, principalmente seu líder, Giovanni. Normalmente têm raízes em todos os cantos do mundo. Querem pegar os pokémon mais fortes, não se importando com os sentimentos deles.

Eles tem uma saudação (que é sempre feita pela dupla inimiga de Ash, a principal do anime, Jessie e James) e são, no anime,os únicos, além de Cassidy e Butch, a usarem lemas, que foram modificados no início de Batalha da Fronteira, Diamante e Pérola e em Black & White.

Giovanni é o líder da Equipe Rocket. Ele comanda tudo nas sombras, evitando mostrar seu rosto. Seu maior sonho era capturar o pokémon mais forte, e para isso ele precisava da Master Ball (uma espécie de Pokébola que captura qualquer pokémon sem resistência). Usando seu grupo de capangas, prende o presidente da Silph. C.O. (Silph Corporation), que criou essa pokébola, porém os planos dele foram impedidos pelo protagonista do jogo Pokémon Red and Blue, Red. Ele então foge.

Os planos dele prosseguem, e é quando ele volta para seu ginásio, na cidade de Veridiana. Red o enfrenta, e Giovanni perde, sentindo-se humilhado, Giovanni ordena a Equipe Rocket a se debandar. Porém os planos dele não seguiram como esperado.

Querendo reviver a Equipe, quatro executivos de alto escalão resolveram comandá-la. O plano deles seria atrair Giovanni até a base deles. Para isso, eles precisavam chamá-lo. Foi quando eles tiveram uma ideia excelente. Com sua nova base na cidade de Mahogany, arquitetaram um jeito de entrar na torre de rádio da cidade de Goldenrod. Nos preparativos finais, Lance, Campeão da Liga Índigo, e Ethan (o protagonista do jogo Pokémon Gold and Silver) os derrotam, destruindo a base deles. Porém eles conseguiram entrar em Goldenrod. Os planos deles estavam quase completos, quando Ethan aparece e os derrota de novo. Sem ter para onde fugir, a Equipe Rocket desaparece de vez.

Giovanni[editar | editar código-fonte]

Giovanni é o líder da Equipe Rocket, e líder do ginásio de Veridiana, posto que abandona após a batalha com Red.

No mangá

Após ser derrotado na Silph Co. e em Saffron, ele volta para Veridiana, onde é derrotado por Red. Então, desaparece. 5 anos depois, reaparece, mas dessa vez com outro pokémon, Deoxys. Este, porém, não o obedece, mas sim o ataca, matando-o.

No anime

Giovanni aparece, pela primeira vez, no décimo quinto episódio - Batalha a bordo no St. Anne - numa vídeo conferência com Jessie, James e Meowth para ordenar o roubo de todos os pokémon que estivessem dentro do navio. Dois episódios depois, volta aparecer em duas chamadas por telefone: uma com Jessie e James e outra com alguém, o qual o avisa que a Terra dos Pokémon, investimento seu, foi totalmente destruída.

Reaparece no episódio: A batalha pela Insígnia; lutando contra Gary Carvalho e monitorando Mewtwo, o qual foge dois episódios depois, fazendo o líder aparecer novamente. Após esse ocorrido, volta a aparecer no primeiro filme e intensamente no especial "O Retorno de Mewtwo". A partir de Hoenn, aparece simbolicamente nos planos de Meowth, em que é retratado de forma bem apatetada na imaginação de Meowth (sendo que sua real personalidade é séria e bem maligna) até que, no último episódio de Diamante e Pérola, o chefe convoca, presencialmente, o trio principal do anime a atuar em Unova.

Por uma estranha coincidência, até a saga de Sinnoh, Giovanni nunca se encontra com Ash, nem indiretamente. Segundo alguns rumores, seria ele o pai de Ash, que deixou Pallet quando ele era recém-nascido para ser um mestre pokemon, e nunca mais ele voltou. Se isso for verdade, possivelmente Jesse, James e Meowth estarão em sérios apuros quando Giovanni descobrir que andam perseguindo seu filho. Tal encontro só se dá na saga de Unova, onde Giovanni tenta roubar o pokemon Meloetta, para dominar os três Pokemon lendários do continente: Tornados, Thundorus e Landorus, onde é derrotado por Ash, Pikachu e companhia. Recentemente foi revelado que Giovanni é o pai de Silver, o rival d Ethan, protagonista do jogo Pokémon Gold and Silver (ambientado nas regiões de Kanto e Johto). Em Pokémon Preto e Branco: Aventuras em Unova, Jessie, James e Meowth voltaram a ter seus papeis principais, mas continuaram sérios até depois que a Equipe Plasma é derrotada e levada a justiça internacional, eles voltam a serem agentes atrapalhados, mas eles ainda usam a tecnologia atualizada que eles usaram durante as operações da Equipe Rocket na região de Unova que acaba até a série XY.

Giovanni é especialista em Pokémons do tipo terra, aqui os Pokémon que já foram vistos sendo utilizados por ele, sendo que foi revelado que ele até mesmo possui Pokémons que não são encontrados em Kanto:

Executivos de Alto Escalão da Equipe Rocket[editar | editar código-fonte]

São membros de alto escalão que estariam abaixo apenas de Giovanni na hierarquia do grupo.

  • Archer (Apollo (ア ポ ロ Aporo): Um dos executivos da Equipe Rocket em Johto. Pode se dizer que ele é o segundo em comando. Ele pretendia reunir a Equipe Rocket e trazer Giovanni de volta ao grupo criminoso em Pokémon HeartGold e SoulSilver (remake de Gold and Silver). No mangá Pokémon Adventures, ele procurou criar Arceus para completar seus objetivos. Seus pokémons são um Koffing, um Houndour e um Houndoom (seu pokémon mais forte)
  • Ariana (Athena (ア テ ナ Atena): Uma das executivas da Equipe Rocket em Johto. Ela alega-se ser a líder da Equipe Rocket na ausência de Giovanni. Seus pokémons são um Murkrow, um Vileplume e um Arbok (pokémon mais forte dela).
  • Petrel (Lambda (ラ ム ダ Ramuda): Um dos outros executivos da Equipe Rocket em Johto. Ele é um mestre do disfarce e não é tão mal-intencionado como os outros executivos da Equipe Rocket. Seus pokemons são 5 Koffings e um Weezing (pokémon mais forte dele).
  • Proton (Lance (ラ ン ス Ransu): Um dos outros executivos da Equipe Rocket em Johto. Ele é o mais cruel dos executivos, liderando a operação no Poço dos Slowpokes, mas é admirado pelos outros por suas ações. Possui um Golbat e um Weezing (pokémon mais forte dele).

Anime[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Equipe Rocket (Anime)

A Equipe Rocket é a principal organização criminosa do anime, nunca tendo sido extinta e sendo responsável por entre outros feitos, o treinamento de Mewtwo, como visto no primeiro filme de Pokémon. As aparições mais duradouras são de um trio de capangas atrapalhados, Jessie, James e Meowth, que ficam perseguindo os protagonistas desde que confrontaram Ash em Veridiana, no segundo episódio da série. Sua principal missão é a captura do Pikachu de Ash, que geralmente acaba os eletrocutando. A dupla chega a substituir o chefe Giovanni como líder do ginásio de Veridiana no duelo com Ash. No jogo Pokémon Yellow, que agrega elementos do animê, nos mesmos locais que a Equipe Rocket é encontrada o protagonista enfrenta Jessie e James.

Além de Jessie, James, Meowth e seu chefe Giovanni, outros membros recorrentes são a dupla rival Cassidy e Butch.

Pokémons comuns entre os membros da Equipe Rocket[editar | editar código-fonte]

Organizações de Hoenn[editar | editar código-fonte]

As equipes Aqua e Magma aparecem nas versões Ruby, Sapphire e Emerald dos jogos Pokémon correspondentes à terceira geração. Também aparecem nos remakes destes jogos, Pokémon OmegaRuby e AlphaSapphire. Estes jogos são ambientados na Região de Hoenn, que foi inspirada na ilha japonesa de Kyushu, sendo que essa ilha possui um clima mediterrâneo e quente igual a de países como Austrália, o norte do México, o sul dos Estados Unidos, o sul da Europa (Portugal, Espanha, Itália e Grécia) e sul da China. Seus papéis são diferentes através das diferentes versões deste jogo.

Em Ruby e OmegaRuby, a Equipe Aqua é amiga de Brendan ou de May (protagonistas do jogos, sendo que depende do jogador a escolha de qual personagem que vai querer usar) e tenta deter à Equipe Magma de conquistar o mundo. Magma tem vários complôs, todos eles envolvem expandir a massa de terra para que assim possam expandir a terra para dar à humanidade mais espaço sobre a qual construir e desenvolver a civilização. O líder, Maxie, toma posse da Esfera Azul do Monte Pírico (Mt. Pyre). Se diz que a Esfera Azul tem um grande poder e Maxie acha que pode controlar o legendário Pokémon Groudon com dita esfera. Roubam um submarino e entram à Caverna Abissal (Seafloor Cavern), onde exitosamente despertam Groudon. No entanto, Groudon desobedece e foge. Quando Maxie sai à superfície, se paralisa ao descobrir que Hoenn está se aquecendo sob um sol escaldante e sofrendo terremotos e erupções vulcânicas, e que se Groudon não for detido o mundo se tornará um imenso deserto sem vida. O jogador entra na Caverna da Origem (Origin Cave) e pode capturar ou conter o Groudon desequilibrado, revertendo Hoenn de volta à normalidade. A última vez que se vê Maxie é em Monte Pírico deixando a Esfera Azul e o protagonista deixa a Esfera Vermelha.

Em Sapphire e AlphaSapphire, as situações são inversas. A Equipe Magma é amiga do protagonista e tenta deter à Equipe Aqua. A Equipe Aqua rouba a Esfera Vermelha para despertar o legendário Pokémon Kyogre. Em lugar de expandir a massa de terra, eles buscam expandir o mar para acabar com a civilização humana e devolver o mundo para o seu início, de modo que Pokémons possam viver sem a mancha de progresso da humanidade. Como Groudon, Kyogre foge depois de ser despertado. E traz tempestades eternas, tsunamis e inundações em lugar de um sol abrasador, com o risco de transformar o planeta em um oceano global e de inundar todos os continentes. Como em Ruby, o jogador entra na Caverna da Origem para reverter Hoenn de volta à normalidade. A última vez que se vê Archie é em Monte Pírico deixando a esfera Vermelha e o protagonista deixa a esfera Azul.

Em Emerald, ambas equipes são inimigas. Em Ruby e Sapphire, ambas equipes tinham seus esconderijos secretos no mar. Em Emerald, a Equipe Magma tem sua base em um lugar chamado Desfiladeiro (Jagged Pass), próximo ao Monte Chaminé (Mt. Chimney), um vulcão aonde Maxie desperta Groudon e foge deste lugar após o despertar de Groundon. Como em Sapphire, Archie rouba o submarino e vai à Caverna Abissal (Seafloor Cavern) para despertar Kyogre que também foge. Em uma curta cena, Groudon e Kyogre começam a brigar em Arrecípolis (Sootopolis City). O jogador entra na Caverna da Origem para obter informações de Wallace que revela a existência de um terceiro Pokémon que vive no Pilar Celeste (Sky Pillar), o jogador navega para lá e desperta o legendário Pokémon Rayquaza.

Rayquaza então desce e força os dois legendários a retroceder. Os Pokémon se podem capturar em nível 70 depois de completar a Liga Pokémon (Exceto Rayquaza que se pode capturar de imediato no Sky Pillar ou a nível 70 depois de resolver esta batalha). A última vez que se vê aos líderes é deixando as esferas no Monte Pírico (em você ao invés de uma esfera, obtém o emblema Magma).

Equipe Aqua[editar | editar código-fonte]

No mundo Pokémon, a Team Aqua ou Equipe Aqua é um grupo de ladrões/pacificadores na região Hoenn. Os pokémons que eles mais utilizam são:

A base da Equipe Aqua é um submarino nuclear gigante que navega pelo mar, com um helicóptero para viajar por mar e terra. Os membros da equipe usam camisas brancas com raias horizontais pretas e jeans. Seu lenço tem uma letra "A" desenhada com forma de ossos (como os das bandeiras piratas). Como a Equipe Magma, a Equipe Aqua é dirigida por uma rude Comandante. Shelly (Izumi na versão japonesa) é referida como a Líder da Equipe Aqua, mesmo que o atual líder é Archie (Aogiri na versão japonesa).

A Equipe Aqua é considerado pelas autoridades como um bando de piratas, mas são experts no campo da Oceanografia da mesma forma que dos Pokémon de água. Eles só existem na região de Hoenn e não reconhecem à Equipe Rocket, a diferença da Equipe Magma. A Equipe Aqua são os antagonistas principais da Equipe Magma e estão atualmente em uma guerra com os outros. A principal meta da Equipe Aqua é inundar (parcialmente) o mundo como um gigante oceano para seus Pokémon de água, achando que fazendo isto farão do mundo um lugar melhor. Para esse fim, despertam Kyogre de seu sonho. Em Alpha Sapphire eles tem os mesmos pokémons que tiveram nas versões originais, incluindo novos pokémons que são:

  • Zubat
  • Golbat
  • Tentacool
  • Grimer
  • Muk
  • Koffing
  • Weezing
  • Chinchou
  • Wailmer
  • Carvanha
  • Skitty
  • Delcaty
  • Sharpedo
  • Poochyena
  • Mightyena
  • Corpphish
  • Crawdaut
  • Gulpin
  • Swalot


Archie[editar | editar código-fonte]

Archie (アオギリ, Aogiri) é o chefe da Equipe Aqua.

Nos jogos, é um indivíduo errado que achava estar fazendo o correto. Archie acredita fortemente que só devolvendo o mundo ao seu estado aquático original poderia o mundo ser salvo de danos humanos.

No anime, é um implacável vilão que uma vez foi amigo de Maxie. No entanto, como chegou a ser mais talentoso no treinamento de Pokémon, se tornou mais ambicioso, e organizou à Equipe Aqua e brigou contra a Equipe Magma pelo controle do mundo. No episódio 306 ("A Luta das Lendas"), Archie absorveu a Esfera Vermelha no seu corpo, ganhando o poder de controlar Kyogre, mas a esfera foi expulsa de seu corpo porque não poderia tomar a tensão da energia do orbe. Archie não tem lembranças desse evento.

Em Alpha Sapphire, ele tem os mesmos papeis que teve em Sapphire e é combatido 2 vezes como em Sapphire. Veja seus pokémons:

Primeira Batalha:

  • Mightyena
  • Sharpedo
  • Zubat

Segunda Batalha:

  • Mightyena
  • Sharpedo
  • Gyarados
  • Sneasel
  • Crobat
  • Kyogre (não capturou oficialmente, mas o controlava com o uso da Esfera Vermelha)

Equipe Aqua no Anime[editar | editar código-fonte]

A Equipe Aqua aparece na temporada Pokémon Advanced Battle (Batalha Avançada), onde tentam controlar o mundo. Shelly, disfarçada como um Magma, deixa Kyogre no mar, o qual foi depois usado para destruir a ilha onde estava o grupo dos Magma. Archie usou a Esfera Vermelha para controlar Kyogre, e lhe ordenou para destruir a ilha, porém mais uma vez, nossos heróis conseguiram salvar o mundo. Quando o Pikachu de Ash se enlaçou com a Esfera Azul, Groudon atacou Kyogre, mas no final, Ash o venceu o mesmo.

Equipe Magma[editar | editar código-fonte]

No mundo Pokémon, a Team Magma ou Equipe Magma é outro grupo de ladrões/pacificadores na região de Hoenn. São considerados pelas autoridades como um grupo de eco-terroristas, mas são um grupo de experts nos campos da Geologia e das Placas Tectônicas. Como a Equipe Rocket, alguns rebeldes são ladrões de Pokémon, os pokémons que eles mais utilizam são

  • Mightyena ataques (Bola das sombras,Hiper-raio,Cauda de ferro,Time duplo)
  • Houndoom ataques (Bola das sombras,Lança-chamas,Derrubada)

O grupo usa uniformes de cor vermelha escura com um "M" preto estilizado, feita de montanhas ou vulcões nas suas camisetas. O líder da Equipe Magma é Maxie (Matsuba na versão japonesa), mas seu segundo comando é o Comandante, chamado Tabitha (Homura na versão japonesa). Outro notável membro da Equipe Magma é Brody (Ban'nai na versão japonesa), que possui um Ditto e é capaz de imitar a voz e aparência de qualquer um que deseje. A Equipe Magma a miúdo usa equipamento que é normalmente usado para experimentos com temperaturas altas. Não têm veiculos, exceto o helicóptero do Comandante.

A Equipe Magma é a rival mais impiedosa da Equipe Aqua. Mesmo que a Equipe Magma não exista fora da região de Hoenn, conhecem o trabalho da Equipe Rocket, que não tem uma filial em Hoenn. O propósito principal da Equipe Magma é expandir a massa de terra, achando que por criar mais espaço para a vida na terra eles farão do mundo um lugar melhor. Para esse fim, despertaram Groudon de seu sono.

A Equipe Magma frequentemente faz aparições na temporada Pokémon Advanced (Força Máxima), e são vistos simplesmente como os "irmãos maiores" mais que um adequado arqui-rival. Eventualmente desaparecem depois da batalha entre Groudon e Kyogre. Se verificou que nem a Equipe Aqua nem a Equipe Magma aparecerão em alguns episódios futuros de Pokémon(não há mais motivos para eles,já que Groudon e Kyogre foram adormecidos, e os únicos instrumentos que poderiam acordá-los -A Esfera Vermelha e a Esfera Azul- se autodestruíram). Brody, no entanto, faz uma aparição final depois do desaparecimento da Equipe Magma. Em Omega Ruby eles tem os mesmos pokémons que eles usaram nas versões originais, incluindo novos pokémons que são:

  • Zubat
  • Golbat
  • Grimer
  • Muk
  • Koffing
  • Weezing
  • Slugma
  • Magcargo
  • Poochyena
  • Mightyena
  • Skitty
  • Delcaty
  • Numel
  • Camerupt
  • Baltoy
  • Zangoose
  • Cacnea
  • Seviper
  • Gulpin
  • Swalot


Maxie[editar | editar código-fonte]

Maxie (マツブサ, Matsubusa) é o líder da Equipe Magma.

No anime e nos jogos, Maxie quer expandir a terra para, segundo ele, ajudar no avanço da humanidade, para isso precisaria (em Ruby e Emerald) do legendário pokémon Groudon. Está mais errado que seu rival, e acha que suas ações beneficiarão a outros.

Maxie conhece Ash no episódio "Ganhando o Groudon" e lhe diz seus sonhos, conta além disso a Ash sobre a Esfera Azul, a qual poderia controlar Groudon, e com ela nas suas mãos, poderia fazer uma melhor vida para ele. Repentinamente, Pikachu é possuído pela Esfera Azul. Assim pode controlar Groudon, e uma catastrófica batalha começa.

Depois da batalha, Maxie agradece a Ash, descobrindo que a terra de Hoenn é perfeita da maneira em que está. Ele deixa à Equipe Magma e desde então não se volta a vê-lo.

Em Omega Ruby ele tem os mesmos papeis que teve em Ruby, mas é combatido 4 vezes no remake em vez de 2 ,na primeira batalha ele é combatido no Mt. Chaminé, na segunda e na terceira batalha ele é combatido nos mesmos lugares onde ele foi combatido em Emerald, já que na terceira batalha ele é combatido junto com Tabhita e na quarta batalha ele é combatido no lugar onde é combatido pela última vez em Ruby. Veja os pokémons que ele usa nas batalhas no remake.

Primeira Batalha:

  • Mightyena
  • Camerupt
  • Zubat

Segunda Batalha:

  • Mightyena
  • Camerupt
  • Golbat

Terceira Batalha: (ao lado de Tabhita)

  • Mightyena
  • Camerupt
  • Crobat

Quarta Batalha:

  • Mightyena
  • Camerupt
  • Houndoom
  • Murkrow
  • Crobat
  • Groudon (não o capturou oficialmente, mas o controlava com o uso da Esfera Azul)

Equipe Galática[editar | editar código-fonte]

Aparece nos jogos Pokémon Diamond & Pearl e novamente em Pokémon Platinum, ambientados na Região de Sinnoh, que foi inspirada na ilha japonesa de Hokkaido, sendo que esta ilha possui um clima bastante frio similar ao Canadá, Rússia e Escandinávia. Membros da Equipe Galáctica usam uniformes pretos e brancos que se assemelham vagamente a uniformes espaciais. O logotipo da Equipe é uma letra "G" estilizada (Possivelmente para torná-lo se assemelhar a uma galáxia espiral).

Em Pokémon Diamond a Equipe Galática quer controlar o tempo e captura Uxie, Mesprit e Azelf para controlarem os sentimentos de Dialga (o Pokémon que controla o tempo), porém no Pilar da Lança (Spear Pylar) Lucas ou Dawn (os protagonista do jogo) derrotam o seu líder (Cyrus) e acaba com seus sonhos assim como a sua organização. Em Pokémon Pearl o único fato que muda é que essa equipe quer controlar o espaço através da captura de Palkia (o Pokémon que controla o espaço) o fim dela é o mesmo. Já em Pokémon Platinum a história muda e a equipe quer controlar o tempo e o espaço capturando Dialga e Palkia, porém sem saber ao reunir Dialga e Palkia no mesmo lugar acabou invocando Giratina (guardião do portal entre o Mundo Inverso e a Terra) que rapta Cyrus e o leva para o Mundo Inverso, assim o protagonista vai até este mundo tentando impedir que Cyrus capture Giratina e destrua a realidade com os três dragões lendários e ao derrotar Cyrus este decide acabar com a Equipe Galática e viver no Mundo Inverso. Entretanto em Platinum o professor Pluto dá continuidade a essa equipe até o fim da mesma na Montanha Dura (Stark Mountain) quando este perde para o protagonista. Também nesta edição um detetive investiga a Equipe Galática, descobrindo muitos fatos importantes que são passados ao protagonista. Em ambos os jogos os comandantes da equipe são: Júpiter, Saturno e Marte.

Cyrus[editar | editar código-fonte]

Cyrus (Akagi no Japão) é o chefe da Equipe Galáctica que cresceu em Sunyshore City. Ele é um líder muito estranho, sua pele é extremamente pálida e é uma pessoa fria, perversa e calculista. Ele era conhecido por ser um bom, embora anti-social, estudante, e assim preferia a companhia de máquinas do que de humanos e Pokémon. Apesar de ser um bom aluno, no entanto, ele não correspondeu às expectativas de seus pais, e assim se sentia rejeitado. Algum tempo depois, ele decidiu que emoções eram a fonte de todo o mal no mundo, e que só a eliminação de emoções, juntamente com o espírito, poderia ser o fim da luta no mundo, o que levou ao seu plano e ações durante o enredo em Sinnoh. Desde o início, seus planos eram de criar um novo plano de existência para ele governar e impor as próprias regras. Cyrus, pregava aos membros da Equipe Galáctica que desejava criar um novo mundo para seus seguidores e seus pokémon, um mundo sem conflitos. Os membros da Equipe Galáctica então o serviam cegamente, com alguns ocasionalmente questionando a legitimidade da organização. Ele na verdade, não se importa com seus capangas, e menos ainda com os Pokémon, tratando os de maneira fria. Em seu novo mundo, ele seria tido como um Deus. Ele só aparece em lugares muito importantes, como o Pilar da Lança e tem uma Master Ball, que é dada ao protagonista do jogo.

Seus pokémon são:

  • Houndoom
  • Honchkrow
  • Crobat
  • Gyarados
  • Weavile
  • Dialga e/ou Palkia (não os capturou oficialmente, mas os controlava com o uso da Corrente Vermelha... porém Dialga e Palkia fugiram após Giratina os libertar da Corrente Vermelha)
  • Giratina (de acordo com a animação Pokémon Generations, Cyrus aparentemente forma uma amizade com Giratina no Mundo Inverso, porém não o capturou)

Equipe Galática no Anime[editar | editar código-fonte]

No anime, a Equipe Galática tem uma história muito a semelhante a dos jogos, ou seja, quer obter o controle sobre o tempo e o espaço para criar um novo mundo, mas sem humanos.

Iniciou com uma aparição indiscreta nas ruínas de Solaceon. Mais tarde aparecem de verdade em Veilstone e reaparecem em Celestic, na Ilha do Ferro e numa caverna do Mt. Coronet. O desfecho acontece com a captura dos três guardiões dos três lagos de Sinnoh, com a cooperação da Caçadora J, para o controle de Dialga, o senhor do tempo, e Palkia, o controlador do espaço. O plano de ter o controle sob o tempo e o espaço é arruinado por Ash, Brock, Dawn, Looker e a Equipe Rocket. Cyrus é levado para o novo mundo criado pelos guardiões e os demais comandantes são presos. Os comandantes da equipe são os mesmos dos jogos.

Pokémons comuns na equipe: Golbats, Bronzor, Toxicroak (Saturno), Purugly (Marte), Skuntank (Jupíter).

Organização J[editar | editar código-fonte]

Eles recebe propostas de compradores de pokémons raros e os rouba para eles. Rouba sempre os mais poderosos pokémons que vê, por valerem mais. para isso ela os transforma em pedra, usando seu bracelete e os leva para sua nave em uma cápsula, onde ficam trancafiados. Costuma usar Drapion, Ariados, Xernas, Yveltal e Salamance. Atua em Sinnoh, Unova & Kalos.

A Organização ja controlou: Pikachu, Meowth, Riolu, Ninetales, Kirlia, Gardevoir, Swampert, Teddiursa, Shieldon, Absol, Magby, Relicanth, Regigigas, Reshiram e Zekrom

Membros Chefe:J. Grunts:Hedgi,Jimey & Speedey. Armas:Potes, Petrificação e Pokémons Controlados. Capangas Temporarios:Ash Ketchum, Dawn, Brock, May, Misty, Cillan, Iris, Max, Gary, Serena, Jessie, Jaimes & N. Inimigos:, Rocket(JJMG), Plasma(N)

Equipe Plasma[editar | editar código-fonte]

Equipe Plasma é o grupo antagonista em Pokémon Black e Pokémon White, jogos ambientados na Região de Unova (inspirada em Nova Iorque e nos EUA), e pretendem separar Pokémons dos humanos. Originalmente, os seus membros usavam uma fantasia que se assemelhava a armadura de um cavaleiro. São considerados uma espécie de sociedade secreta, com origens a séculos atrás. Eles são liderados por um rapaz conhecido apenas como N e os Sete Sábios que iram capturar Reshiram em White e Zekrom em Black, com a intenção de usar o Pokémon dragão para forçar as pessoas a abandonar o ato de capturar Pokémon. Na realidade, N é um peão usado por seu pai Ghetsis, um dos Sete Sábios, que o criou com o único propósito de ser capaz de domar o Pokémon lendário e, em seguida, descarta-lo, para que ele possa assumir o controle da Região de Unova. Dois anos após a derrota de Ghetsis e a partida de N de Unova, Equipe Plasma retorna com as suas verdadeiras intenções, com a intenção de usar o poder da Kyurem para assumir a Região Unova e no resto do mundo. Os membros da Equipe Plasma mudaram seu uniforme para um com visual mais militar e moderno. Seu logo é um escudo com as letras P e Z combinadas.

Ghetsis[editar | editar código-fonte]

Ghetsis é o verdadeiro líder da Equipe Plasma, e o pai de N, depois de ter levado o menino para servir como um líder carismático enquanto secretamente executava as verdadeiras operações do grupo por trás das costas do rapaz. Durante grande parte de Black e White, ele se apresenta como uma figura bem-intencionada aparentemente benevolente, mas é constantemente insinuado - e, finalmente, revelado -que ele é o principal vilão dos jogos e o antagonista principal, em vez de N. Quando N era apenas uma criança, Ghetsis o manteve longe dos seres humanos e mais perto dos Pokémon, para que mais tarde viria a desenvolver ressentimento contra os humanos que viviam lado a lado com os seus Pokémon e não perceber quantas pessoas boas realmente existiam. Devido a isso, Ghetsis foi capaz de facilmente manipular N em acreditar que ele seria o "herói" que iria ajudar a libertar todo o mundo Pokémon de seus proprietários. Depois, fica implícito que Ghetsis planejou se livrar de N uma vez que ele tinha realizado a sua missão: tornar-se o único controlador de Pokémons de Unova. No entanto, as ações de Hilbert/Hilda (protagonistas dos jogos) - ajudou a inspirar N para ver além dos seus antigos pontos de vista - conduziu a derrota de N. Isso enfurece Ghetsis, que revela suas verdadeiras intenções e as tentativas de parar o próprio jogador. Depois de sua derrota, ele começa a perder sua mente, mas mantém clareza suficiente para escapar com a ajuda de seus servos fiéis, a Tríade Sombra.

Em Pokémon Black 2 e Pokémon White 2, Ghetsis retorna como o novo líder da Equipe Plasma. Quando Nate/Rosa (protagonistas dos jogos) se encontram com ele, ele irá indicar que Kyurem é uma concha vazia, e que ele vai derramar suas ambições nela. Em um lugar chamado Cratera Gigante (Giant Chams), ele vai ordenar Kyurem para congelar o jogador vivo com movimento da assinatura do Pokémon, Glaciar (Glaciate), mas será interrompido por N. Infelizmente, ele previu que o amor de N pelos Pokémon iria levá-lo a Kyurem e então funde Kyurem e Zekrom (Black 2) ou Reshiram (White 2) para criar o Black Kyurem (Black 2) ou White Kyurem (White2), respectivamente. Depois de Black/White Kyurem é derrotado, Ghetsis então desafia o jogador a uma batalha. Depois de perder, ele perde o último de sua sanidade e a Tríade Sombria o afasta - mais tarde revelando que sua mente está completamente quebrada pelo choque de seus fracassos.

Seu nome completo é Ghetsis Harmonia Gropius e é o pai de N, Amor e Paz.

Seus pokémons são:

  • Cofagrigus
  • Bouffalant
  • Seismitoad
  • Bisharp
  • Eelektross
  • Hydreigon
  • Drapion
  • Toxicroak
  • Kyurem (não o capturou oficialmente mas conseguiu o controle da mente do Pokémon)

Outros membros da Equipe Plasma[editar | editar código-fonte]

  • Natural Harmonia Gropius: Ele era o líder fantoche da Equipe Plasma em Pokémon Black and White e aspirava criar mundos separados para humanos e Pokémon. É filho de Gethsis. É conhecido simplesmente como N. Seu principal pokémon é Zoroark. No mangá de Pokémon, conseguiu capturar o lendário Zekrom, mas no anime é retratado tendo ligação com Reshiram.
  • Os Sete Sábios: os membros do alto escalão da Equipe Plasma. Durante todo o curso do jogo, o jogador encontra cada um dos sábios, mas não será capaz de combatê-los. Após a derrota de N e antes de se tornar o campeão Pokémon, o jogador deve localizar todos os Sábios espalhados por toda a região de Unova. Ghetsis é o líder dos Sete Sábios.
  • A Tríade Sombria: Três homens jovens que são fiéis servos de Ghetsis porque uma vez ele salvou suas vidas. Eles têm a habilidade de se teletransportar, e, geralmente, são "acompanhantes" do jogador, de N ou de Ghetsis. Após a derrota e prisão (e mais tarde inexplicável fuga) de Ghetsis, a Tríade Sombria aparece uma última vez na Ponte Maravilhosa, onde eles explicam que Ghetsis ordenou-lhes para trazer ao jogador as 3 Esferas de Dialga, Palkia e Giratina (Adamant, Lustrous e Griseous, respectivamente) e que, apesar de sua lealdade a ele, ele ordenou-lhes para não procurarem ele. A Tríade Sombria retorna em Pokémon Black 2 e White 2, e enfrenta o jogador várias vezes no jogo. Eles também são revelados possuir um Liepard que tinha evoluído a partir de um Purrloin que foi roubado da irmã mais nova do rival do protagonista cinco anos antes, levando-o a promover um profundo ódio para a organização.
  • Amor Harmonia Gropius e Paz Harmonia Gropius: Dois personagens que aparecem no final da história principal de Black e White que servem N . Paz diz ao jogador a história da infância de N e como Ghetsis o criou, enquanto Amor cura os Pokémons do jogador em preparação para a batalha final contra N. Elas também podem ser vistas na primeira seqüência de abertura do jogo, onde elas vêem como N é coroado como o rei da Equipe Plasma por Ghetsis. Foi revelado que Amor e Paz são irmãs de N. Elas aparecem em Black 2 e White 2 em Driftveil City, onde elas dizem ao jogador das ambições de Ghetsis e o que ele fez a incentivá-las, bem como a infância de N. O principal pokémon de Amor é Gothitelle, e o de Paz é Gardevoir.
  • Colress: Colress é um pesquisador Pokémon independente em Black 2 e White 2, que trabalha para aprender sobre os poderes dos Pokémon e tenta trazer a verdadeira força dentro deles. Ele luta contra o jogador várias vezes ao longo do jogo para testar a habilidade do jogador e o poder dos Pokémon do jogador. Ele eventualmente se alinha com a Equipe Plasma, uma vez que lhe permitirá estudar Pokémon do jeito que ele quer. Após Equipe Plasma é derrotada, mais uma vez, ele ajuda o grupo. Ele pode, então, ser combatido no Laboratório P2. Ele tem um papel antagônico maior no anime, como ele está construindo um dispositivo que permitiria Ghetsis para controlar Reshiram, e ele assume o controle de vários Pokémon, incluindo Meowth da Equipe Rocket, em um esforço para ajustar-lo. É especialista em pokémons do tipo Aço, principalmente os de aparência robótica, seus principais pokémons são Magnezone, Metagross e Klinglang.

Equipe Flare[editar | editar código-fonte]

Equipe Chama é a equipe maligna que aparece em Pokémon X e Y, ambientados na região de Kalos (que foi inspirada na França). O uniforme da equipe é um terno vermelho ao estilo da máfia, enquanto administradores usam ternos brancos mais estilizados e cientistas usam ternos vermelhos de desenhos variados. Seu símbolo é uma letra F flamejante. O seu principal objectivo é "criar um mundo maravilhoso", que eventualmente se manifesta em genocídio em massa de toda a vida humana e Pokémon, menos eles próprios, utilizando uma arma antiga usada uma vez por um rei de Kalos, um antepassado de seu líder Lysandre, de 3000 anos atrás.

Lysandre[editar | editar código-fonte]

O líder da Equipe Flare, busca atingir a beleza eterna. Lysandre no início parece ser um homem de bom coração que vê a beleza em tudo, mas enquanto o jogo continua Calem/Serena (protagonistas dos jogos) descobrem que ele é tão obcecado com a manutenção da beleza no mundo que ele está disposto a exterminar todos os Pokemon para impedi-los de serem usados pelos humanos para prejudicar ou roubar qualquer um.

Ele segue o progresso do jogador de perto, buscando o jogador em seus planos, e revelando a história de Kalos e de seu rei AZ, seu antepassado, que quase acabou com toda a vida. Depois de sua identidade como líder da Equipe Flare ser revelada, ele admite que ele deseja usar a arma de seu antepassado, a fim de usar os poderes de Xerneas para reconstruir o planeta em um lugar mais bonito e cheio de vida em Pokémon X ou usar os poderes de Yvetal para extinguir a raça humana com o fim de preservar a beleza do planeta por toda a eternidade em Pokémon Y. Sendo que o Mega Anel seria central para os seus planos. Lysandre quer executar este plano para "proteger o mundo dos humanos egoístas e impedir os limitados recursos do planeta de se esgotarem". Ele reconhece e percebe que este não é o caminho justo: Em um ponto no jogo ele chora com o pensamento de matar todos os Pokemon no mundo que não são leais a Equipe Flare, pensando que são belas criaturas que merecem viver. Apesar disto, ele voluntariamente continua com o plano, acreditando que o mundo e a humanidade irá se beneficiar a longo prazo.

O jogador, em última análise derrota Lysandre, e quando Lysandre tenta ativar a arma, a fim de forçar a imortalidade sobre o jogador e seus amigos em Pokémon X ou matar todos no prédio em Y, apesar de o jogador ter capturado sua fonte de energia Xerneas (X) / Yveltal (Y), a arma se desintegra e destrói a sede. Embora o jogador e seus amigos, assim como a maioria dos membros da Equipe Flare, conseguem escapar, Lysandre nunca é visto fugindo da destruição, deixando o seu destino final desconhecido.

Seus pokémons são:

  • Gyarados
  • Honchkrow
  • Mienshao
  • Pyroar
  • Xerneas ou Yvetal (depende da versão do jogo; não os capturou oficialmente e os usou como fonte de energia para sua arma)
  • Zygarde (apenas no anime e mesmo assim por um curto período de tempo já que este fugiu)

Outros membros da Equipe Flare[editar | editar código-fonte]

  • Aliana: Uma das cientistas da equipe Chama. Ela lidera o grupo na sua infiltração da Usina de Kalos.
  • Byrony: Uma das cientistas da equipe Chama. Ela e Celosia lideraram o grupo em seu ataque na Fábrica de Pokébolas.
  • Celosia: Uma das cientistas da equipe Chama. Ela e Byrony lideram o grupo em seu ataque na Fábrica de Pokébolas.
  • Mable (Momiji (モ ミ ジ)): Uma das cientistas da equipe Chama. Ela lidera o grupo em suas operações na Frost Cavern, irritando um Abomasnow nativo.
  • Xerosic (Xerosicy (ク セ ロ シ キ Kuseroshiki)): Um dos cientistas da equipe Chama. Ele é o cientista-chefe do grupo, levando a construção da arma definitiva. Ele também cria o terno Expansão e contrata Emma para ser seu usuário.

Equipe Skull[editar | editar código-fonte]

Equipe Skull é a primeira Equipe vilã da região de Alola (inspirada no Havaí). Os uniformes preto e branco dos membros são inspiradas em gangues de rua, e consistem de tênis, calções, pulseiras, bonés, bandanas utilizadas para cobrir a parte inferior do rosto, e boinas que lembram os topos dos crânios. Seu símbolo é uma letra estilizada S na forma de um crânio, que é usado como um medalhão.

As intenções da Equipe Skull são distrair as pessoas para a Fundação Aether trabalhe secretamente para abrir buracos de minhoca e fazer as dimensões da Ultra Beasts entrarem em colapso na região de Alola. O líder da equipe, Guzma, uma vez tentou o Desafio da Ilha e falhou. Ele está familiarizado com o Professor Kukui. Plumeria, uma administradora, é considerada a "irmã mais velha" da equipe e se preocupa com os seus capangas, chamando-os de seus "irmãos e irmãs".

Guzma

É o líder da Equipe Skull. Ele em um ponto tentou o Desafio da Ilha, mas não atendeu os critérios para se tornar um capitão. Ele tem uma história com o professor Kukui. Quando as dimensões das Ultra Beasts entraram em colapso na região de Alola, ele e Lusamine entraram no buraco de minhoca e ele foi controlado pela UB-O1 Nihilego e sentiu medo pela primeira vez não se sabe se ele fugiu da dimensão das Ultra Beasts

Guzma é especialista em Pokémon do tipo inseto. Seus Pokémons são:

  • Ariados
  • Golisopod
  • Crabominable
  • Pinsir
  • Masquerain

Plumeria

É a administradora da Equipe Skull e ajuda a manter a equipe em ordem. Ela se preocupa com os capangas da equipe.

Gladion

Este jovem e filho de Lusamine e irmão de Lilie e é um membro novato da Equipe Skull e ex membro da Fundação Aether. Ele coloca um alto valor em ser forte em batalhas Pokémon. Seu parceiro Pokémon é o misterioso Type: Null que roubou da Fundação Aether e ajuda o protagonista a recuperar o Cosmog que foi roubado de Lilie pelos membros da Fundação Aether.

Fundação Aether[editar | editar código-fonte]

A Fundação Aether é a segunda Equipe vilã na região de Alola. os uniformes são totalmente brancas e são inspiradas em ficção cientifica, e consistem de tênis, calças, porchetes, camisa, luvas e boina . Seu simbolo é um tridente de três pontas dourado.

A intenção da Fundação Aether é abrir buracos de minhoca para fazer que a dimensão dos Ultra Beats entre em colapso na região de Alola, para isso a Fundação Aether precisou trabalhar junto com a Equipe Skull para que eles distrai-sem as pessoas para elas não desconfiares da Fundação Aether. A Presidente/Lider da Fundação Aether, Lusamine, Mãe de Gladion e Lilie estuda sobre os buracos de minhoca surgindo misteriosamente em Alola, Faba cientista chefe e Wicke a assitente chefe do Paraiso Aether

Lusamine

É a Presidente/Lider da Fundação Aether. Ela é muito fria e e calculista ela estudava os buracos de minhocas que surgiam em Alola e descobriu-se levava a outra dimensão de onde surgiam as Ultra Beasts para entrar na dimensão ela precisava de Cosmog um Ultra Beast totalmente especial mais sua filha, Lilie roubou o Cosmog para recuperar ela mandou os membros atras de Cosmog e Lilie. Durante o jogo ela fica totalmente obcecada com os buracos de minhoca e na dimesão das Ultras Beasts e dizia que nem Gladion, Lilie e nem o protagonista seriam bonitos para a dimensão. Após entrar no buraco de minhoca junto de Guzma ela começa ficar mais obcecada com a dimenção ela então se funde com a UB-01 Nihilego e logo após a sua derrota ela "morre". Foi confirmado que o pós-game do jogo Lilie foi para Kanto para salvar sua mãe do veneno da Ultra Beast para isso precisa falar com o cientista que se fundiu com um pokémon (Bill).

Seus pokémons são:

  • Totem Clefable
  • Totem Mismagius
  • Totem Bewear
  • Totem Liligant
  • Totem Milotic
  • UB-01 Nihilego (não a usa em batalha pois se fundiu com ela)
  • Dois Type:Null (não chegou a usa-los pois foram roubados pelo filho dela, Gladion, sendo que Gladion deu um deles ao protagonista do jogo)
  • Cosmog (não usou pois foi roubado por Lillie, sendo que Cosmog evoluiu até o estágio final: Solgaleo ou Lunala, dependendo da versão do jogo)

Faba

O cientista chefe da Fundação Aether usa sempre óculos de sol verdes. São o seu acessório de marca! Parece estar muito orgulhoso da sua posição enquanto chefe do grupo.

Wicke

A assistente do chefe do Paraiso Aether tem uma personalidade amável e, por isso, é acarinhada por todos os funcionários do Aether Foundation.