Era de Planck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em cosmologia, a era de Planck, também chamada de época de Planck ou ainda período de Planck é o mais antigo período de tempo (o mais longínquo de nosso atual momento) na história do universo, entre zero e 10−43 segundos (um tempo de Planck), durante o qual as quatro forças fundamentais estavam unificadas e não existiam partículas elementares.

A mecânica quântica padrão diz que não tem sentido falar-se de intervalos menores que um tempo de Planck ou de distâncias menores que um comprimento de Planck. Em consequência, a história do universo deve ser contada a partir do momento em que culmina o primeiro tempo de Planck. Igualmente, o volume do universo deve-se contar a partir do primeira comprimento de Planck de diâmetro em lugar de zero, de maneira que nunca houve uma singularidade de densidade infinita.

Na atualidade (2016), não se conhece uma teoria genericamente aceita que unifique a mecânica quântica e a gravidade relativista.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.