Eraldo Gueiros Leite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eraldo Gueiros Leite (Canhotinho, 18 de janeiro de 1912Recife, 5 de março de 1983) foi magistrado e político brasileiro.

Filho do fazendeiro José Ferreira Leite e de Amélia Gueiros Leite, fez o curso primário na sua cidade natal, e o secundário no Ginásio Pernambucano. Em 1935 formou-se em Direito, tornando-se, em seguida, consultor jurídico do executor do estado de sítio em Pernambuco, o general Aurélio de Souza Ferreira.

Dedicou-se à advocacia e ao exercício do cargo na procuradoria da Justiça Militar. Foi advogado da Pernambuco Tramway, empresa canadense prestadora de serviços de luz e força no Recife, palco de inúmeras greves operárias.

Foi integrante do Superior Tribunal Militar após concurso, no governo do general Eurico Gaspar Dutra em 1957. Após a instauração do regime de exceção no Brasil, transferiu-se para o Rio de Janeiro em setembro de 1964, para assumir a Procuradoria Geral da Justiça Militar, durante o governo ditatorial de Humberto de Alencar Castelo Branco. Em março de 1969, foi empossado como ministro do Superior Tribunal Militar, no governo do ditador Costa e Silva.

Através de eleições indiretas, tomou posse em março de 1971 na condição de governador biônico do Estado de Pernambuco.

Governador Eraldo Gueiros, Luiz Cristóvão dos Santos, José Paes de Andrade e Enio Guerra
Precedido por
Nilo Coelho
Governador de Pernambuco
19711975
Sucedido por
Moura Cavalcanti
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.