Eremitas da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eremitas da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo
Escudo dos Carmelitas Eremitas.
(E.Carm.)
Lema "Zelo zelatus sum pro Domino Deo exercituum (com zelo tenho sido zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos)"
Fundação Finais do século XI no Monte Carmelo
Tipo Clausura monástica
Sítio oficial www.ocarm.org

Os Eremitas da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo (ou Carmelitas Eremitas) são um ramo da Ordem do Carmo que se originou com monges eremitas que, desde o século XIII, se tornaram na sua maioria em frades mendicantes. Os Carmelitas Eremitas do ramo masculino da Ordem do Carmo não são, contudo, considerados como os frades carmelitas de vida activa e apostólica. Na actualidade, os Carmelitas Eremitas são comunidades separadas, tanto de homens como de mulheres, que vivem em clausura, inspirada na antiga vida monástica carmelita, sob a autoridade do Prior Geral da Ordem Carmelita (O. Carm.).

Nossa Senhora do Carmo é a principal padroeira deste tipo de comunidades carmelitas. Este ramo baseia-se, por norma, no carisma carmelita primitivo da Antiga Observância, ainda que partilhe a riqueza espiritual do ramo reformado por Santa Teresa de Ávila e São João da Cruz.

Comunidades Carmelitas Eremíticas sob a autoridade do Prior Geral (O.Carm.)[editar | editar código-fonte]

Comunidades masculinas (Frades/Irmãos)[editar | editar código-fonte]

Uma religiosa carmelita na solidão da sua cela, a rezar e a meditar a Bíblia.

Comunidades femininas (Freiras/Irmãs)[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]