Erik Stensiö

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Erik Stensiö
Dados gerais
Nome de nascimento Erik Helge Osvald Stensiö
Nascimento 2 de outubro de 1891
Local Döderhult, Condado de Kalmar
 Suécia
Morte 11 de janeiro de 1984 (92 anos)
Local Estocolmo
Prémio(s) Medalha Wollaston (1953)
Medalha Linneana (1957)
Medalha Darwin-Wallace (1958)

Erik Helge Osvald Stensiö (Döderhult, Condado de Kalmar, 2 de outubro de 189111 de janeiro de 1984) foi um paleozoólogo sueco.

Foi um especialista na anatomia e evolução dos vertebrados inferiores. Seus estudos sobre os placodermos mostraram que estão relacionados com os tubarões modernos.

Foi eleito membro estrangeiro da Royal Society em 1946. Laureado com a Medalha Wollaston de 1953 pela Sociedade Geológica de Londres[1], com a Medalha Linneana de 1957 e com a Medalha Darwin-Wallace de 1958, ambas pela Sociedade Linneana de Londres.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Triassic fishes from Spitzbergen" (parte I: Viena 1921; parte II: Estocolmo 1925)

Referências

  1. «Award Winners Since 1831 / Wollaston Medal» (em inglês). The Geological Society of London. Arquivado desde o original em 25 de julho de 2015. Consultado em 10 de agosto de 2015. 
  • Patterson, C., "Erik Helge Osvald Stensiö", "Biographical Memoirs of the Fellows of the Royal Society", 35 (1990), 363–380.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Herbert Harold Read
Medalha Wollaston
1953
Sucedido por
Leonard Johnston Wills
Precedido por
William Henry Lang
Medalha Linneana
1957
Sucedido por
Gavin de Beer e William Bertram Turrill


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.