Ernesto Lara Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ernesto Lara Filho
Nome completo Ernesto Pires Barreto de Lara Filho
Nascimento 2 de novembro de 1932
Benguela, Angola
Morte 7 de fevereiro de 1977 (44 anos)
Huambo, Angola
Nacionalidade português
Ocupação Jornalista, poeta e regente agrícola
Influências
Principais trabalhos O Canto do Martrindinde (1963)

Ernesto Pires Barreto de Lara Filho (Benguela, 2 de novembro de 1932 — Huambo, 7 de fevereiro de 1977) foi um jornalista, poeta e regente agrícola português, de origem angolana.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Bengela, em 1932, onde fez os estudos primários e secundários. Era irmão da poetisa Alda Lara. Na Escola Nacional de Coimbra concluiu em 1952 o curso de regente agrícola.[2]

Em Luanda, exerce o jornalismo, em paralelo com a sua função de quadro especializado dos Serviços de Agricultura e Florestas de Angola. Entre finais da década de 1950 e a primeira metade dos anos 1960, assinou crónicas e reportagens na imprensa portuguesa.[3]

Morreu no Huambo a 7 de fevereiro de 1977 num acidente de viação, com apenas quarenta e cinco anos.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Picada de Marimbondo (1961);
  • O Canto do Martrindinde (1963);
  • Seripipi na Gaiola (1970).

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.