Ernst Toller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ernst Toller
Nome nativo Ernst Toller
Nascimento 1 de dezembro de 1893
Szamocin
Morte 22 de maio de 1939 (45 anos)
Nova Iorque
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Munique
Ocupação dramaturgo, político, escritor, roteirista, poeta jurista, poeta
Causa da morte suicídio por enforcamento
Página oficial
http://www.ernst-toller.de/

Ernst Toller (Szamocin, Prússia, 1 de dezembro de 1893 - Nova Iorque, 22 de marzo de 1939) foi um poeta, dramaturgo, político e revolucionário alemão de origem judaica. Participou na Liga Espartaquista e escreveu várias obras expressionistas.

Toller combateu na Primeira Guerra Mundial, uma experiência que o levou a desenvolver uma posição pacifista e próxima à revolução socialista. Participou na revolta da Baviera de 1918, uma vez terminada a guerra, e na República Soviética da Baviera. Encarregou-se da formação de um exército vermelho, a pesar do seu ideário pacifista. Na sua posterior obra teatral O homem massa dará saída para os conflitos de consciência que lhe provocou essa contradição. Após a queda daquela república, provocada pelo exército e os corpos de voluntários de extrema direita, foi condenado a cinco anos de prisão.

Em 1933, com a tomada do poder pelos nazistas, emigrou para a América do Norte, onde habitou em diferentes cidades, suicidando-se em 1939.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Die Wandlung, 1919
  • Masse Mensch, 1921
  • Die Maschinenstürmer, 1922 (Os destrutores das máquinas, ADE, 1991; Alikornio, 2002)
  • O livro das andorinhas (1923)
  • Hinkemann, 1923 (Hinkemann, ADE, 1991)
  • O dia do proletariado (1926)
  • Hoppla, wir leben, 1927
  • Feuer aus den Kesseln, 1930
  • Eine Jugend in Deutschland, 1933 (Uma juventude na Alemanha, Muchnik, 1987)
  • Briefe aus dem Gefängnis, 1935

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Feliu Formosa, Cel•la 44 : Cinc anys en la vida i l'obra d'Ernst Toller, Palma de Mallorca : Daccalus, [1970].
  • Tankred Dorst, Toller, Hondarribia : Argitaletxe Hiru, 2002, trad. Marta Fernández Bueno.

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «Ernst Toller».
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.