Erva-de-fumo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na obra O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien a erva-de-fumo é uma erva variante do tabaco muito apreciada pelos povos da Terra-Média. O povo dos hobbits iniciou o hábito depois da descoberta da erva por Tobold Corneteiro. A Quarta Sul passou por uma revolução econômica, começando o plantio da erva.Os habitantes de Bri foram os primeiros a fumá-la. Usada muito pelos magos para refletir sobre decisões importantes. É muito comum que hobbits fumem tal erva, em seus cachimbos, formando anéis de fumaça ao soltá-la pela boca, Gandalf por exemplo, uma vez fumando em companhia de Bilbo Baggins criou um barco com a fumaça fazendo com que Bilbo ficasse impressionado com tal habilidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a obra de J. R. R. Tolkien é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.