Escada da inferência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Escada da Inferência)
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Ladder of Inference

Essa teoria foi desenvolvida com maior profundidade por Chris Argyris, através de uma pesquisa científica em 1990, com o título de Escada da Inferência (Ladder of Inference), e define que adotamos crenças baseadas em conclusões inferidas a partir do que observamos e nem sempre comprovadas, acrescidas por experiências passadas, de conformidade com o que distingue também, segundo alguns matemáticos, como "Efeito borboleta, na interpretação do chamado "Caos', que em chinês antigo, tinha como interpretação uma letra, que era o "reinício"... "

A partir dessas pesquisas baseadas em anteriores pensamentos, Argyris descobriu que toda pessoa tem a tendência de subir a Escada da Inferência rápido demais, no sentido também enpregado na Estatística, ou seja, na chamada "Matemática - aplicada (sentido Puro - Filosófico)" -; Portanto, "- Quase instantaneamente após ver ou ouvir alguem falar ou agir"; as pessoas absorvem "e somam as novas observações/informações com seu conjunto de suposições já existentes ", - algumas vezes incitando ações que têm apenas... -... ... -... "uma relação distante em relação ao que foi originalmente observado ou ouvido..." - E...

... Quando à "dinâmica - da - escalada" acontece dentro de um contexto - social e/ou organizacional... - É, por assim dizer,... criado um ambiente "de conflitos",- podendo ser facilmente agravados pelas suposições assumidas.

A escada teria o formato abaixo - lembrando que, como subir uma escada, a leitura deve ser feita de baixo para cima:

Eu ajo de acordo com minhas crenças.

Eu adoto crenças sobre o mundo.

Eu tiro conclusões.

Eu faço suposições baseadas nos significados que absorvi.

Eu absorvo significados (culturais e pessoais).

Eu seleciono dados a partir do que observo.

Todas as informações do mundo - dados e experiências observáveis

NB. Minhas crenças influenciam os dados que seleciono.

Fontes

  • Artigo: http://www.onepine.info/pargy.htm (tradução)
  • Integrated Coaching Certification, from Integrated Coaching Institute: capacitação em desenvolvimento de capital humano e competências comportamentais