Escarro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Escarro anormal
Classificação e recursos externos
CID-10 R09.3
CID-9 786.4
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Escarro, também conhecido como catarro, é uma liberação de muco causada pelo inchaço das mucosas do corpo. O escarro amarelado pode indicar alguma infecção no aparelho respiratório.

Exame macroscópico[editar | editar código-fonte]

Consistência

A consistência do escarro depende principalmente da sua composição: soro, pus e muco. Em situações patológicas como pneumonia e enfarte pulmonar é muito consistente e viscoso. Na clínica denomimam-se os tipos de escarro em relação a consistência como: escarro seroso, seropurolento, purulento, mucoso e mucopurolento. Existe também o escarro numular, oriundo das cavernas tuberculosas e cavidades bronquectásicas, constituídos de massa mucopurulentas achatadas parecidas com moedas.[1]

Cheiro

Normalmente não apresenta cheiro. Em algumas patologias como bronquite pútrida e gangrena pulmonar apresenta cheiro pútrido. Dependendo da ingestão de alguma substância ou medicamento eliminado pela via pulmonar, apresenta cheiro característico.[1]

Cor

Apresenta coloração incolor, esverdeada ou amarelada. Sangue o torna rosado ou castanho-avermelhado. A pneumonia proporciona um escarro cor-de-ferrugem.[1]

Notas e referências

  1. a b c Lima, A. Oliveira; et.al. Guanabara Koogan, ed. Métodos de Laboratório Aplicados à Clínica. 2001. Rio de Janeiro: [s.n.] 
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.