Escola de Música e Belas Artes do Paraná

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escola de Musica e Belas Artes do Paraná
EMBAP
Fundação 17 de abril de 1948 (69 anos)
Tipo de instituição Pública, estadual
Localização Curitiba, Paraná
Docentes 99
Diretor(a) Marco Aurélio Koentopp
Vice-diretor(a) Solange Garcia Pitangueira
Total de estudantes 1.200
Página oficial www.embap.pr.gov.br

A Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP) é uma instituição pública de ensino superior fundada em 1948 e integrante da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). Reconhecida pelo Conselho Federal de Educação desde 1954, é mantida pelo governo do estado e sua sede localiza-se na cidade de Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná[1].

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 17 de abril de 1948[2], a instituição nasceu de um movimento articulado pela Sociedade de Cultura Artística Brasílio Itiberê, com o apoio da Academia Paranaense de Letras, do Centro de Letras do Paraná, do Círculo de Estudos Bandeirantes, do Centro Feminino de Cultura, da Sociedade de Amigos de Alfredo Andersen, do Instituto de Educação e do Colégio Estadual do Paraná, que elaboraram um documento entregue ao então governador do estado, Moisés Lupion, que destacava a importância da iniciativa[3].

Para tirar do papel o projeto da EMBAP, foi escolhido o professor Fernando Corrêa de Azevedo, que visitou instituições similares em várias capitais brasileira, além de reunir um corpo de professores com notoriedade e experiência, como Bento Mossurunga, Waldemar Curt Freyesleben, Frederico Lange de Morretes, Oswaldo Pilotto, Prudência Ribas, Raul Menssing, Altamiro Bevilacqua, entre outros grande mestres locais.

As atividades da escola iniciaram-se logo após a sua fundação em um prédio no centro da cidade, e por três anos ficou instalado no mesmo edifício da "Escola de Professores de Curitiba" (atual Instituto de Educação do Paraná).

A EMBAP só foi oficializada, quando o governado Lupion encaminhou parecer favorável à Assembléia Legislativa do Paraná, que resultou no Decreto Estadual 259, de 3 de outubro de 1949[2].

Em 1951, a EMBAP ganhou uma sede própria, num endereço ao lado "Escola de Professores de Curitiba". Em 2010[4], a escola mudou-se para endereços provisórios, também localizados no Centro da cidade, para que ocorra, no prédio da sede, obras de reformas e preservação, já que o edifício é uma unidade de interesse de preservação pelo patrimônio histórico municipal[2][5].

Em 2001, a EMBAP passou a fazer parte da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), transformou-se num dos "campi universitários" desta instituição numa reorganização administrativa da Secretária da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná[6].

Cursos[editar | editar código-fonte]

A instituição possui cursos de graduação, especialização e extensão nas áreas de[7]:

Área de Belas Artes[editar | editar código-fonte]

Área de Música[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fabio Guilherme Poletto (2016). «Campus de Curitiba I – Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP)» (PDF). Universidade Estadual do Paraná. Consultado em 12 de maio de 2016 
  2. a b c «CONTEXTO POLÍTICO-HISTÓRICO-CULTURAL» (PDF). Portal ANPED Sul. Consultado em 12 de maio de 2016 
  3. «História». Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Consultado em 12 de maio de 2016 
  4. Redação (25 de fevereiro de 2010). «Escola de Belas Artes em endereço provisório». Portal Bem Paraná. Consultado em 12 de maio de 2016 
  5. Externo (20 de julho de 2004). «Requião cede imóvel para Escola de Música e Belas Artes do Paraná». Portal Paraná-Online. Consultado em 12 de maio de 2016 
  6. «ESTATUTO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ - UNESPAR» (PDF). Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Consultado em 12 de maio de 2016 
  7. «Conheça a EMBAP». Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Consultado em 12 de maio de 2016