Escola do Teatro Bolshoi no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é a única extensão estrangeira do Teatro Bolshoi de Moscou, sendo sua sede localizada no município de Joinville, no estado de Santa Catarina. Atinge as mais variadas classes sociais do país e tem como missão formar artistas cidadãos, promover e difundir a arte-educação.

Em 2016, a Escola Bolshoi tinha 254 alunos dos cursos técnicos e básicos, representando 21 estados brasileiros, sendo estes alunos 100% bolsistas. Um orgulho para o Brasil e para Joinville, cidade sede. A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, com professores russos e brasileiros, forma bailarinos com a mesma precisão, técnica e qualidade artística aplicados na Rússia. O método utilizado é o Vaganova. O grupo de professores da escola, na parte de dança e preparação física, é formado por três russos, um ucraniano e dez brasileiros.

Além de ensino gratuito, os alunos da Escola Bolshoi recebem benefícios opcionais que dependem dos recursos financeiros da escola, como alimentação, transporte, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica preventiva, atendimento fisioterápico, nutricional e assistência médica de emergência/urgência pré-hospitalar. Para isso devem apresentar bom rendimento na Escola Bolshoi e também no ensino médio e fundamental, pois a ausência de boas notas implica a perda da bolsa de estudo no Bolshoi. Os alunos recebem educação, aprendem uma profissão, exercitam responsabilidade e constroem cidadania.

O complexo escolar é formado por salas para aulas de balé, estúdios de música, ateliê, núcleo de saúde, biblioteca, cantina, espaços culturais e dois laboratórios cênicos em cerca de seis mil metros quadrados. A seleção anual para novos alunos compreende etapas que vão do despertar de jovens e crianças para o mundo das artes, até avaliações médicas e artísticas específicas. São disponibilizadas vagas para os cursos técnicos e básicos da instituição.

A escola é uma instituição com personalidade jurídica, de direito privado, sem fins lucrativos, mantida pelos chamados “Amigos do Bolshoi”, empresas e pessoas físicas socialmente responsáveis que apoiam o projeto através de serviços prestados pro bono e patrocínios não incentivados ou incentivados por leis de incentivo a cultura municipal, estadual e federal.

Cia. Jovem ETBB[editar | editar código-fonte]

Em 2008, a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil sentiu a necessidade de criar uma Companhia Jovem, para colher os frutos dos talentos desenvolvidos na instituição. A consolidação da Companhia Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil responde à demanda por crescimento e desenvolvimento da dança no país. O padrão de excelência, que os bailarinos da Companhia Jovem trazem de sua formação, faz com que sejam reconhecidos em todos os seus trabalhos. A proposta da Companhia Jovem ETBB é manter-se ativa em apresentações públicas constantes; seus artistas devem atuar como agentes formadores de plateia e incentivadores de novas vocações.

Cursos[editar | editar código-fonte]

(Parecer CEDP nº 188, aprovado em 14/09/2009)[1]
(Parecer CEDP nº 349, aprovado em 29/09/2009)[1]

Matriz curricular[editar | editar código-fonte]

Visitação monitorada[editar | editar código-fonte]

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil está aberta para visitas, com cobrança de uma taxa, de segunda a sábado, em dois horários: 10h e 14h30. É necessário agendar a visita antecipadamente pelo fone (47) 3422-4070 Ramal 200 ou pelo e-mail recepcao@escolabolshoi.com.br .

Através da visita monitorada todo o espaço físico e a história do Bolshoi no Brasil são apresentados. Estudantes e idosos pagam metade e crianças com até 7 anos não pagam.

Referências

  1. a b Adequação ao Catálogo Nacional de Cursos Técnicos – MEC

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre dança é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.