Esfíncter de Oddi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Esfíncter de Oddi corresponde ao esfíncter situado na papila maior duodenal (ampola de Vater) que impede a bílis e o suco pancreático de entrar no duodeno quando não são necessárias. O esfíncter é controlado pela colecistocinina (CCK), que, quando presente, relaxa-o e deixa as secreções entrarem no duodeno.[1]

Referências

  1. Leonard Johnson (2007). Gastrointestinal Physiology 7th Edition. [S.l.: s.n.] 
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.