Esfera de Dyson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma esfera de Dyson hipotética com 1 UA.

Uma esfera de Dyson é uma megaestrutura hipotética originalmente descrita por Freeman Dyson, a qual orbitaria uma estrela de modo a rodeá-la completamente, capturando toda ou maior parte de sua energia emitida. Dyson especulou que tal estrutura seria a consequência lógica da sobrevivência e da escalar necessidade de energia de uma civilização avançada tecnologicamente, e propôs que a busca de evidências de tal estrutura poderia levar à detecção de vida extraterrestre com inteligência avançada.[1]

A maioria das descrições ficcionais são de uma casca sólida de matéria encobrindo a estrela, que é considerada a variante menos plausível da idéia.[2] Desde que o conceito desta megaestrutura foi inicialmente idealizado, a engenharia espacial tem apresentado diferentes propostas para a construção de uma estrutura artificial, ou de uma série de estruturas, com intuito de rodear uma estrela para capturar sua energia, porém as dificuldades técnicas para a execução deste projeto relegaram a Esfera de Dyson à arena da ficção científica. No ano de 2015, entretanto, após o telescópio espacial Kepler analisar a enorme oscilação da luminosidade da estrela KIC 8462852, da constelação de Cisne, astrônomos renomados passaram a considerar a hipótese de que uma megaestrutura similar à Esfera de Dyson pudesse estar causando o fenômeno.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Freemann J. Dyson (1960). «Search for Artificial Stellar Sources of Infra-Red Radiation». Science [S.l.: s.n.] 131 (3414): 1667–1668. Bibcode:1960Sci...131.1667D. doi:10.1126/science.131.3414.1667. PMID 17780673. 
  2. F. J. Dyson, J. Maddox, P. Anderson, E. A. Sloane (1960). «Letters and Response, Search for Artificial Stellar Sources of Infrared Radiation». Science [S.l.: s.n.] 132 (3421): 250–253. doi:10.1126/science.132.3421.252-a. PMID 17748945. 
  3. «Are experts really searching for alien megastructures in space?». CBS News. Consultado em 2016-06-02. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]