Espalhamento espectral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Espalhamento espectral é uma técnica de modulação em que a largura de banda usada para transmissão é muito maior que a banda mínima necessária para transmitir a informação. Dessa forma, a energia do sinal transmitido passa a ocupar uma banda muito maior do que a da informação.

A demodulação é obtida fazendo a correlação entre o sinal recebido e uma réplica do sinal usado para espalhar a informação.

História[editar | editar código-fonte]

O conceito de usar espalhamento espectral para comunicações teve origem no começo do século XX, no livro Wireless Telegraphy do engenheiro naval Johannes Zenneck, lançado em 1908 na Alemanha.

Métodos[editar | editar código-fonte]

Existem basicamente três métodos de usar espalhamento espectral. São eles:

  • DSSS
  • FHSS
  • Uma combinação dos dois anteriores

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.