Saltar para o conteúdo

Cosmo Kramer: diferenças entre revisões

9 bytes adicionados ,  11h27min de 1 de abril de 2006
m
sem resumo de edição
m
{{esboço}}
 
Cosmo Kramer é uma personagem da [[sitcom]] americana [[Seinfeld]] interpretada por Michael Richards. Vizinho do Jerry no seriado, a personagem foi baseada numa pessoa real, vizinho do roteirista Larry David. Ele tem vários apelidos ao longo do seriado, mas o mais usado é simplesmente "Kramer". Durante várias temporadas não se soube o nome dele, até que o George ouviu a mãe dele chamá-lo de Cosmo e develou o mistério.
 
O mais "maluco" dos quatro protagonistas, Kramer é uma pessoa muito estranha. Seu caráter é meio infantil e desastrado, parcialmente alienado e descuidado, porém Kramer poderia ser considerado como o mais humano da turma. Costuma projetar idéias e invenções bizarras e freqüentemente irrealizáveis, (um sutiã para homens, uma colônia com "o cheiro da praia", um tritutador de comida no ralo da banheira, etc). Nenhuma delas funciona por muito tempo e geralmente ocasionam desastres.
 
Kramer freqüentemente se involve em situações absurdas, como conseqüência do seu caráter ou ações. Já ganhou um prêmio Tony por uma atuação que ele nunca fez, quase apareceu num filme do [[Woody Allen]] e demandou sem sucesso a companhias de cigarros e café, entre outras coisas. Ele teve certas pretensões de ator, indo por muito pouco tempo para [[Los Angeles]] para tentar sorte, e depois para um hospital atuando de doente de gonorréia para os estudantes de medicina. Geralmente se dedica a seus passatempos ou atividades favoritas, sem mostrar nunca um emprego ou ocupação estável.
 
Respeito da personalidade, a maior característica é sua brutal sinceridade, que incomoda as pessoas, ao extremo tal de chegar a sugerir "uma cirurgia de nariz" para uma mulher de nariz feio. Curiosamente, a maioria das pessoas que sofrem a sinceridade dos seus comentários acabam agradecendo a ele por isto. Ele é muito torpe fisicamente, e faz movimentos exagerados, principalmente quando se expressa ou quando entra no apartamento do Jerry, num movimento característico dele, "arrombando" a porta. É um tanto supersticioso e delirante, e também parece apresentar uma conceição bastante paranóica e autista da realidade. Nas palavras do George: "A vida do Kramer é como um campo de fantasia".
 
A vida do Kramer está cheia de mistério. Nunca se sabe como ele consegue dinheiro, (Umauma questão que nunca foi respondida no seriado. Ele trabalhava numa loja de bagels, e decidiu entrar em greve por causa da falta de plano dental para seu emprego, motivo pelo qual não trabalhou por 12 anos. Quando voltou, foi demitido no dia seguinte), e pelo geral vive visitando o apartamento do Jerry, onde pega comida e coisas que aquele não usa. Ele também faz menção de alguns amigos dele, que nunca aparecem na tela, como Bob Saccamano. Com as mulheres Kramer não tem problema algum, já que possui o "kavorka", qualidade mística que provoca uma intensa atração sexual nas mulheres em volta dele. Voltando às palavras do George: "Eu levo as mulheres para o lesbianismo, ele as traz de volta". Contudo, sua atitude imadura e atrapalhada impede que ele tenha relacionamentos muito sérios.
 
 
 
 
 
28

edições