Diferenças entre edições de "Concílio de Constança"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
5 bytes adicionados ,  13h33min de 10 de março de 2010
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: sw:Mtaguso wa Konstanz)
O '''Concílio de Constança''', que teve lugar entre [[1414]] e [[1418]] em [[Constança]], foi um [[concílio]] [[ecumenismo|ecuménico]] da [[Igreja Católica]]. O seu principal objectivo foi acabar com o [[Grande Cisma do Ocidente|cisma papal]] que tinha resultado do [[Papado de Avignon]], ou "a captividade babilónica da Igreja", como também é conhecido (um termo cunhado por [[Martinho Lutero]]).
 
Na altura em que o concílio foi convocado, havia três papas, todos eles clamavam legitimidade. Alguns anos antes, num dos primeiros golpes que afectaram o movimento conciliador, os bispos do [[concílio de Pisa]] tinham deposto ambos os papas anteriores e elegido um terceiro papa, argumentando que em tal situação, um concílio de bispos tem mais autoridade do que um Papa. Isto apenas contribuiu para agravar o cisma.
 
Com o apoio de [[Sigismundo]], sacro Imperador romano, o concílio de Constança recomendou que todos os três papas abdicassem, e que um outro fosse escolhido.
Utilizador anónimo

Menu de navegação