Saltar para o conteúdo

Crack (software): diferenças entre revisões

29 bytes adicionados ,  30 de março de 2010
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|data=Fevereiro de 2008}}
Um '''crack''' é um pequeno [[software]] usado para quebrar um sistema de segurança qualquer. Seu uso mais comum é para transformar programas em versões limitadas, seja em funcionalidade ou ''[[Trial_(informática)|tempo de uso]]'', os chamados ''[[shareware]]'', em um programa completo, removendo ou enganando o sistema de segurança que limita o uso ou verifica o [[número serial]].
 
Existem várias abordagens possíveis. Em alguns casos o [[cracker]] consegue descobrir o [[algoritmo]] usado pelo fabricante do software para gerar números seriais válidos e simplesmente cria um programa que gera quantos números seriais válidos quiser. Outra possibilidade é usar um [[editor hexadecimal]] para procurar a rotina que verifica o serial dentro do programa. Muitos programas podem usar uma única [[Variável (programação)|variável]] para verificar se o programa foi registrado ou não e basta alterar alguns poucos [[bit]]s para transformá-lo na versão completa. Isso é geralmente descoberto via comparação, ou seja, comparando os arquivos do programa não registrado com os arquivos do programa depois do registro.
2

edições