Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Willem Barentsz"

1 byte removido ,  11h59min de 20 de junho de 2010
m
m (Bot: Adicionando: war:Willem Barentsz)
Em [[1871]] o abrigo em que Barents e a sua tripulação foram obrigados a invernar foi descoberto intacto, mantendo em bom estado numerosos objectos. Esses objectos foram trazidos para [[Haia]], onde estão em exposição. Em [[1875]] foi encontrada parte substancial do diário de Willem Barents.
 
A história do terrível inverno que Barents e os seus companheiros foram obrigados a passar em Nova Zembla foi publicada por [[Gerrit de Veer]], o carpinteiro do navio, que manteve um diário pormenorizadospormenorizado dos eventos. Desse diário consta o primeiro registo publicado do [[efeito Nova Zembla]], uma anomalia na propagação da [[luz]] através da [[atmosfera]], resultante da diferença de [[refracção]] entre camadas de ar muito frio, que provoca a ilusão do achatamento do [[Sol]] e permite observar astros que se encontram abaixo da linha do horizonte.
 
Também [[Jan Huygen van Linschoten]], outro famoso explorador neerlandês, participou nas expedições de [[1594]] e de [[1595]], publicando depois um relato circunstanciado do percurso feito e das terras e mares visitados.