Diferenças entre edições de "Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
20 bytes adicionados ,  19h37min de 16 de janeiro de 2011
===Incêndio e Reforma===
 
No dia [[8 de julho]] de [[1978]], um incêndio causado ou por um cigarro ou por uma falha elétrica, destruiu 90% de seu acervo, principalmente obras de [[Picasso]] (cabeça cubista e um [[Retrato de Dora Maar]]), [[Miró]], [[Salvador Dalí]], [[Alfredo Pirucha]], [[Max Ernst]], [[René Magritte]], [[Ivan Serpa]], [[Manabu Mabe]] e muitos outros, além de todos os trabalhos presentes em uma grande retrospectiva de [[Joaquin Torres García]].
 
Após extensos trabalhos de restauração, o Bloco de Exposições volta, em 1982, ao funcionamento.
Entre [[1993]] e [[2002]], o museu recebeu doações de coleções particulares de [[Gilberto Chateaubriand]], cerca de 4.000 obras, inclusive telas de [[Cândido Portinari]], [[Tarsila do Amaral]], [[Lasar Segall]], [[Di Cavalcanti]] e gravuras de [[Oswaldo Goeldi]], entre outras.
 
=={{Ver também}}==
Utilizador anónimo

Menu de navegação