Diferenças entre edições de "Foguete Sonda"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
432 bytes removidos ,  11h17min de 27 de outubro de 2012
sem resumo de edição
==Sonda I==
{{Artigo principal|Sonda I}}
Em 1965 o Brasil precisava honrar acordos de pesquisa meteorológicas com outros Países e só dispunha de foguetes Americanos para tal. Naquela época, o [[Grupo Executivo e de Trabalho e Estudos de Projetos Espaciais|GTEPE]], por intermédio do que viria a se tornar mais tarde o [[CTA]] e em conjunto com a [[Avibras]], iniciaram o desenvolvimento do primeiro foguete de sondagem [[meteorologia|meteorológica]] Brasileiro o ''DM-6501'', que viria a ser conhecido mais tarde como '''Sonda I'''. Esse foguete foi uma evolução técnica sobre o foguete '''[[ARCAS (foguete)|Arcas]]''' Americano.<ref name="EHPE"></ref>
 
Inúmeras tecnologias foram desenvolvidas e transferidas para a indústria, o que significou uma economia de divisas superior a US$ 1 milhão por mês. Mais de 200 foguetes '''Sonda I''' foram lançados da [[CLBI|Barreira do Inferno]], em [[Natal (Rio Grande do Norte)|Natal]], todos com dificuldades técnicas, sendo o último em 1977.
==Sonda IV==
{{Artigo principal|Sonda IV}}
A partir de 1974, começou a segunda fase de desenvolvimento de foguetes Brasileiros, emagora quedotados foram equipadosde sistemas de guiagem,. queIsso levou ao projeto preliminar do foguete biestágio '''Sonda IV''', com propulsores carregados com propelente sólido, especificado para permitir o domínio das tecnologias imprescindíveis para o futuro desenvolvimento do [[Veículo Lançador de Satélites]] (VLS).
biestágio '''Sonda IV''', com propulsores carregados com propelente sólido, especificado para permitir o domínio das tecnologias imprescindíveis para o
desenvolvimento do [[Veículo Lançador de Satélites]] (VLS).
 
O Sonda IV foi utilizado para o transporte de cargas úteis científicas e tecnológicas de 300 a 500 kg para experimentos na faixa de 700 a 1.000 km de altitude, tendo o seu primeiro lançamento ocorrido em 1984. Ele foi o primeiro foguete Brasileiro a passar por testes estáticos muio mais sofisticados, além de um sistema de correção de desvios e controle inercial de última geração.<ref name="RTFS"></ref>
Seu primeiro lançaento ocorreu em 1984.
 
Ele foi testado em túnel supersônico, na Alemanha Federal. Possui um primeiro estágio guiado, corrigindo desvios por injeção de freon na saída de gases.
Em função desse sistema, o IAE precisou desenvolver um depósito de freon para 90 atmosferas. Garrafas de nitrogênio em aço fazem a injeção atravéz de 24 válvulas,
comandadas do chão. Foram desenvolvidos sistemas inerciais em salas ultralimpas, além de processadores de bordo. Por todos esses aspectos, o Sonda IV foi um
marco tecnológico no Programa Espacial Brasileiro.<ref name="RTFS"></ref>
 
;Características
 
<ref name="FRPE">[http://freepages.military.rootsweb.ancestry.com/~otranto/fab/programa_espacial.htm FORÇA AÉREA BRASILEIRA - PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO.]</ref>
<ref name="NDMS">[http://www.anovademocracia.com.br/no-13/1038-a-maior-de-todas-as-sabotagens A Nova Democracia - A maior de todas as sabotagens.]</ref>
<ref name="S101">[http://www.astronautix.com/stages/s101.htm Encyclopedia Astronautica - S-10-1.]</ref>
<ref name="S102">[http://www.astronautix.com/stages/s102.htm Encyclopedia Astronautica - S-10-2.]</ref>
12 981

edições

Menu de navegação