Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Erudição"

616 bytes adicionados ,  17h12min de 7 de novembro de 2012
m
Revertidas edições por 187.87.200.130 para a última versão por 177.132.5.55, de 12h31min de 3 de novembro de 2012 (UTC)
m (Revertidas edições por 187.87.200.130 para a última versão por 177.132.5.55, de 12h31min de 3 de novembro de 2012 (UTC))
'''Erudição''' é uma [[instrução]] vasta e variada, adquirida sobretudo pela [[leitura]] e pelo [[estudo]], nomeada e direcionada a um [[conhecimento]] de cunho [[acadêmico]]. Pode-se chamar de sábia uma pessoa erudita, embora a rigor o conceito de [[sabedoria]] deva incluir também competências mais amplas, como [[prudência]], [[moral]] e [[experiência]] de [[vida]].
Uma característica marcante em uma pessoa erudita, é que ela pode usar os valores morais para manter uma co-relação com a sociedade em geral, atribuindo seus conhecimentos àqueles que não possuem.
O erudito também pode ser chamado de intelectual porém nunca de autossuficiente. Isso porque uma pessoa só adquire autossuficiência quando ela já não mais precisa da ajuda de outras pessoas, e quando seus conhecimentos já excedemexcederem qualquer situação. Por isso, a autossuficiência não pode ser um aspecto do erudito, pois esse nunca descansa, ou seja, seu desejo por conhecimento nunca é preenchido.
A música clássica é aquela em que usa-se os mais variados instrumentos clássicos, sejam eles violinos, violoncelos, pianos, clarinetas, etc. E é esse tipo de música o preferido pelos eruditos, entretanto pode haver uma perspectiva pessoal de cada um para gostar de música clássica, e em geral ela estabelece a relação corpo-alma no conhecedor. Contudo, o erudito pode ser definido como uma pessoa que possui um conhecimento variado, instruções adquiridas como um autodidata, é aquele que nunca se sacia com o conhecimento, e sempre está em busca de novos conhecimento, na maior parte das vezes para realização pessoal.
== Características ==
 
 
144 449

edições