Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Fortunio Garcês"

12 bytes removidos ,  15h54min de 21 de julho de 2013
changing format HarvRef to Sfn
(changing format HarvRef to Sfn)
|sepultamento =
}}
'''Fortún Garcés''' ({{lang-ar| '''فرتون بن غرسية'''}}, ''Fortoûn ibn Garsiya'', conhecido como “o Monge” e morto depois de 925), foi rei de [[Reino de Pamplona|Pamplona]] ([[882]] a [[905]]), último soberano da [[Dinastia Iñiga]] e filho do rei [[Garcia Iñiguez de Pamplona|Garcia Iñiguez]] e da rainha consorte Urraca, posivelmente filha de Fortun ibn Musa da dinastia do [[Banu Qasi]].{{HarvRefSfn|Salazar y Acha|2007|p=33-34}}
 
== História ==
[[Ficheiro:Península ibérica 910.svg|thumb|250px|A península ibérica em 910]]
Em 860, durante a invasão de Pamplona por [[Muhammad I de Córdova]], foi capturado e feito refém dos [[Islã|muçulmano]]s, em [[Emirado de Córdova|Córdova]],{{HarvRefSfn|Martinez Diez|2007|p=25}} durante cerca de vinte anos. Entre [[870]] (morte de García Iñiguez) e 880, quando Fortún Garcés regressou, parece que governou como [[Regência (sistema de governo)|regente]] em Pamplona, Garcia Jimenes, filho de [[Jimeno Garcês]] da [[dinastia Jimena]].
 
Durante o seu reinado sofreu várias expedições de castigo por parte dos exércitos de Córdova e dos seus aliados do vale do [[Rio Ebro|Ebro]], os [[Banu Qasi]], que tinham superado as controvérsias anteriores com Córdova, e actuavam novamente como verdadeiros convertidos do [[Islão]].
* Blasco Fortunes.
* Lope Fortunes.
* [[Onneca Fortunez]], nascida possivelmente em [[847]], que foi casada com o [[emir]] de Córdova [[Abd Allah]], e foi mãe de Muhammad. Depois de voltar do cativeiro, Onneca se casou com o seu primo-irmão, [[Aznar Sanchez de Larraun]],{{Ref label2|b}} tendo desse matrimónio nascido [[Toda Aznarez]], que foi a esposa de [[Sancho Garcés I de Pamplona]].{{HarvRefSfn|Martinez Diez|2007|p=25}}
 
== Notas ==