Diferenças entre edições de "Abdômen humano"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
1 byte removido ,  07h26min de 27 de maio de 2014
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 179.156.200.72 para a última revisão de 189.25.69.141, de 13h52min de 2 de fevereiro de 2014 (UTC))
No meio um sulco se estende da cartilagem ensiforme acima da [[púbis]], representando a [[linea alba]] a parede abdominal. Na metade fica o [[umbigo]]. Em cada lado dele brotam [[músculo]]s pequenos que aparecem em pessoas musculosas. A linha destes músculos é interrompida por três ou mais depressões transversas, indicando a [[lineae transversae]]. Existe normalmente uma perto da cartilagem ensiforme, uma no umbigo e uma entre os dois. Esta combinação da ''linea alba'' e da ''linea transversae'' que formam o músculo "six pack" em muitas pessoas. Um corpo com gordura cerca de 10% ou menor que o normal é necessário para vê-los.
 
A parte superior do limite lateral do abdomemabdome é a margem subcostal formada de cartilagens de falsas costelas ligando-se umas às outras. A parte inferior é um misto de [[iliumílio]] e ligamentos de Poupart, que correm da espinha superior do iliumílio para a espinha da púbis. Este limites inferiores são marcados por curvas visíveis. Bem acima da espinha púbica em cada lado dos anéis abdominais externos, que são aberturas nas paredes musculares em que a corda espermática surge no homem, e onde a hérnia pode romper.
 
Um método pelo qual pode se localizar o conteúdo abdominal é desenhando-se três linhas horizontais e duas verticais.

Menu de navegação