Saltar para o conteúdo

Carlota Flandrina de Nassau: diferenças entre revisões

m
Substituindo predef depreciadas
m (Substituindo predef depreciadas)
Após a morte da sua mãe em 1582, o seu avô materno pediu para que Carlota pudesse ficar com ele. Carlota passou então a viver com ele em Bourbon, mas, um ano depois, o duque morreu e a condessa passou a viver com Jeanne de Chabot, abadessa de Le Paraclete e prima da sua mãe. Finalmente, a pedido do rei de França, Carlota passou a viver com a sua tia católica, Joana de Bourbon, abadessa de Houarre. Apesar da oposição dos seus parentes protestantes, Carlota entrou para um convento católico em 1593.
 
Em 1595, e já a sofrer de surdez, Carlota tornou-se grande prioresa e abadessa do mosteiro beneditino de Saint Croix. Manteve contacto regular com as suas irmãs, principalmente com Isabel e Carlota Brabantina, ambas protestantes devotas que tentaram convencer a irmã a deixar o catolicismo.
 
== Genealogia ==
 
{{Referências}}
{{ENrefTradução/ref|en|Countess Charlotte Flandrina of Nassau|467422866}}
 
[[Categoria:Casa de Orange-Nassau]]
61 123

edições