Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Relevo oceânico"

1 205 bytes adicionados ,  00h17min de 18 de maio de 2015
m
Foram revertidas as edições de 187.13.146.15 para a última revisão de Dbastro, de 21h20min de 21 de março de 2015 (UTC)
(oi)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
m (Foram revertidas as edições de 187.13.146.15 para a última revisão de Dbastro, de 21h20min de 21 de março de 2015 (UTC))
 
O '''relevo oceânico''' inclui as diversas formas de relevo existentes nas regiões da [[crosta terrestre]] que se encontram cobertas pelos [[oceano]]s. As principais são:
 
* [[Plataforma continental]] ou seja, a porção do fundo dos oceanos que chega, em média, a 200 metros de profundidade, apresentando largura variável. É recoberta por [[sedimento]]s de origem continental trazidos pelos rios, ventos, enxurradas e [[geleira]]s, o que implica a existência de grandes concentrações de [[recursos minerais]];
* [[Talude continental]] (ou vertente continental): corresponde à porção intermediária recoberta por [[sedimentos]] finos.
* [[Planície abissal|Planícies abissais]] são as regiões profundas e mais ou menos planas dos oceanos;
* [[Fossa oceânica]]s: são as regiões mais profundas dos oceanos. As fossas oceânicas são depressões abissais que aparecem abaixo das planícies abissais, em zonas de encontro de [[placa tectónica|placas tectónicas]].
* [[Dorsal oceânica]]: constituída por [[cordilheira]]s submersas que se estendem pelo [[fundo oceânico]]. Muitas vezes as porções mais elevadas ultrapassam o nível do [[oceano]] ocasionando [[ilha|ilhas oceânicas]].
 
== {{Ligações externas}} ==
21 355

edições