Diferenças entre edições de "Gilliard"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
214 bytes adicionados ,  20h33min de 30 de julho de 2015
sem resumo de edição
 
No total, somando todas as premiações em cada trabalho lançado, foram 12 discos de ouro, 10 de [[disco de platina|platina]], 8 discos de platina duplo e 3 de diamante o equivalente a 1 milhão de cópias, possuindo em toda sua carreira a venda de 10 milhões de discos aproximadamente. Aumentando sua galeria de conquistas, ganhou troféus da [[Globo]] de cantor-revelação do ano e de cantor romântico do ano, recebeu também o troféu cantor e ídolo dos [[década de 1980|anos 80]] da [[rádio Manchete|rádio]] e [[TV Manchete]]. Do programa do [[Chacrinha]], Gilliard recebeu o troféu de ídolo da juventude romântica do Brasil. São esses alguns de diversos prêmios de rádios e TVs do Brasil, sem contar participações em todos os programas de destaque, como ''[[Globo de Ouro]]'', ''[[Fantástico]]'', ''[[Flávio Cavalcanti]]'', ''[[Discoteca do Chacrinha]]'' e ''[[Programa Silvio Santos]]'', tendo sido um dos campeões do quadro ''[[Qual é a música]],'' permanecendo por 21 semanas seguidas invicto no programa. Ao longo de sua carreira, Gilliard imortalizou grandes sucessos. Com seu jeito único de cantar, melodias elaboradas, marcadas pelo romantismo clássico e popular, embalando [[novela]]s, [[filme]]s, [[baile]]s e principalmente seus ''shows'', sempre vividos com intensa emoção.
 
Gilliard completa 35 anos de carreira em 2015, está lançando um single, chamado ´´Folha ao Vento´´ composição de César Augusto e Cláudio Noam, e está com o projeto de realizar seu primeiro DVD ao vivo.
 
== Discografia ==
Utilizador anónimo

Menu de navegação