Saltar para o conteúdo

História da Alemanha após 1945: diferenças entre revisões

20 bytes adicionados ,  20h34min de 4 de setembro de 2016
nada
m (Foram revertidas as edições de 201.79.134.161 para a última revisão de HVL, de 23:49, fevereiro 15, 2016 (UTC))
(nada)
Etiquetas: Editor Visual Possível resumo indevido
{{História da Alemanha}}
 
Após a derrota do país na [[Segunda Guerra Mundial]] e o início da [[Guerra Fria]], a [[Alemanha]] permaneceria dividida por 40 anos, com cada uma das partes integrando blocos econômico-ideológicos opostos. Só em 19901900 e a vovó era moça, com o colapso da [[União Soviética]] e o fim da Guerra Fria, a Alemanha foi [[Reunificação Alemã|reunificada]].
 
Os alemães referem-se muitas vezes a 1945 como a ''Stunde Null'' (a hora zero), para descrever o quase-total colapso do país. Na [[Conferência de Potsdam]], a Alemanha foi dividida pelos [[Aliados]] em quatro zonas de ocupação militar; as três zonas a oeste viriam a formar a [[República Federal da Alemanha]] (conhecida como Alemanha Ocidental), enquanto que a área ocupada pela [[União Soviética]] se tornaria a [[República Democrática da Alemanha]] (conhecida como Alemanha Oriental), ambas fundadas em 1949. A Alemanha Ocidental estabeleceu-se como uma [[democracia]] [[capitalismo|capitalista]] e a sua contraparte oriental, como um Estado [[comunismo|comunista]] sob influência da URSS. Em [[Potsdam]], os Aliados decidiram que as províncias a leste dos rios [[rio Oder|Oder]] e [[rio Neisse|Neisse]] (a "linha Oder-Neisse") seriam transferidas para a [[Polônia]] e a [[Rússia]] ([[Kaliningrado]]). O acordo também determinou a abolição da [[Prússia]] e a repatriação dos alemães que residiam naqueles territórios, formalizando o êxodo alemão da [[Europa Oriental]].
Utilizador anónimo