Saltar para o conteúdo

Dia dos Namorados: diferenças entre revisões

12 bytes removidos ,  16h16min de 7 de fevereiro de 2017
m
Foram revertidas as edições de 2804:7F4:5080:AC72:D4B9:72BA:8FED:68AA para a última revisão de HVL, de 19h17min de 6 de fevereiro de 2017...
m (Foram revertidas as edições de 2804:7F4:5080:AC72:D4B9:72BA:8FED:68AA para a última revisão de HVL, de 19h17min de 6 de fevereiro de 2017...)
O [[bispo]] Valentim lutou contra as ordens do imperador [[Cláudio II]], que havia proibido o [[casamento]] durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
 
Continuou celebrando casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”. falei nada
 
Considerado [[mártir]] pela [[Igreja Católica]], a data de sua morte - 14 de fevereiro - também marca a véspera de [[lupercais]], festa anual celebrada na [[Roma antiga]] em honra a deusa [[Juno]] e ao deus Pan. Um dos rituais desse festival era a passeata da [[fertilidade]], em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade.<ref>{{Citar web |língua2=en |url=http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/02/150214_sao_valentin_gch_lk |autor=BBC |obra= |título=Entre mitos e marketing: o dia de São Valentim |publicado=BBC |data=14 fevereiro 2015 |acessodata=12 de junho de 2015}}</ref>
221 112

edições