Diferenças entre edições de "Samuel Wainer"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
129 bytes adicionados ,  02h58min de 19 de agosto de 2017
correção de informações
(inclusão de informação muito importante.)
(correção de informações)
 
== Biografia ==
Wainer imigrou para o Brasil com 2 anos de idade, junto com seus pais, judeus russos da região da [[Bessarábia]], que se radicaram na capital paulista. Originariamente um jornalista da esquerda não comunista, ligado ao grupo de intelectuais congregados em torno da revista ''[[Diretrizes]]'', fundada por ele. Mais tarde, Wainer tornou-se repórter dos [[Diários Associados]] de [[Assis Chateaubriand]], quando veio a entrevistar [[Getúlio Vargas]] duranteem [[1949]], criando um gancho para o "queremismo", a campanha eleitoralpara a volta do ex-presidente ao comando da nação, tendo o petebista se candidatado e eleito deem [[1950]]. A amizade política entre eles, movida à base de interesses mútuos, viria a resultar na criação do [[Última Hora]].
 
Vargas havia concebido a necessidade de um órgão de imprensa que pudesse sustentar as posições do [[populismo]] varguista contra uma imprensa [[populismo|antipopulista]] e antivarguista. Sabendo da insatisfação de Wainer com o trabalho nos Diários Associados, onde estava sujeito às humilhações quotidianas que implicava o trato diário com Assis Chateaubriand e suas práticas amorais, Vargas sabia poder contar com a lealdade pessoal daquele a quem havia apelidado de "Profeta". Para tal, uma vez eleito, garantiu que o [[Banco do Brasil]] fornecesse um crédito a Wainer para a constituição do jornal em condições privilegiadas.

Menu de navegação