Saltar para o conteúdo

Decet Romanum Pontificem: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
No final do século XX, os [[diálogo luterano-católico|luteranos em diálogo com a Igreja Católica]] pediram que esta excomunhão fosse revogada, mas a resposta da [[Cúria Romana|cúria]] foi que a prática é levantar excomunhões apenas dos que ainda estão vivos. [[Roland Bainton]], em sua obra "''Here I Stand'' after a Quarter of a Century", seu [[prefácio]] para a edição de 1978 para a biografia de Lutero, concluiu: ''"Estou feliz que a Igreja de Roma permitiu algum diálogo sobre remover a excomunhão de Lutero. Isto efetivamente pode acontecer. Ele jamais foi um herege. Ele pode ser melhor designado, como já disseram, «um rebelde relutante»"''. A reabilitação de Lutero tem sido negada pelo Vaticano: ''"Rumores de que o Vaticano teria intenção de reabilitar Martinho Lutero, o líder do século XVI da [[Reforma Protestante]], não tem fundamento"'' disse um porta-voz do Vaticano, o [[jesuíta]] [[Federico Lombardi]]<ref>[http://www.catholicnews.com/data/briefs/cns/20080310.htm Vatican spokesman calls rumors of rehabilitation of Luther groundless] Catholic News Service, 10 de março de 2008</ref>.
 
{{referências|col=2}}
 
== Bibliografia ==
198 346

edições