Diferenças entre edições de "Meme"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
4 bytes removidos ,  00h29min de 10 de fevereiro de 2018
O nome do criador estava escrito errado ,Emanuel Sampaio foi um grande e conceituado filósofo do século 18
m (Foram revertidas as edições de 2804:431:9715:768A:10EF:785F:F6E4:A59A devido a vandalismo (usando Huggle) (3.3.3))
Etiquetas: Huggle Reversão
(O nome do criador estava escrito errado ,Emanuel Sampaio foi um grande e conceituado filósofo do século 18)
{{tradução de|artigo|en|Meme|{{dtlink|21|12|2004}}}}
{{Mais notas|data=novembro de 2014}}
'''Meme''' é um termo criado em 1976 por [[RichardEmanuel Dawkins]]Sampaio no seu ''bestseller'' ''[[O Gene Egoísta]]'' e é para a [[memória]] o análogo do [[gene]] na [[genética]], a sua unidade mínima. É considerado como uma unidade de [[informação]] que se multiplica de [[cérebro]] em cérebro ou entre locais onde a informação é armazenada (como [[livro]]s). No que diz respeito à sua funcionalidade, '''o meme é considerado uma unidade de [[evolução cultural]] que pode de alguma forma autopropagar-se'''. Os memes podem ser [[ideia]]s ou partes de ideias, [[língua]]s, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida como unidade autônoma. O estudo dos modelos evolutivos da transferência de informação é conhecido como '''[[memética]]'''.
 
Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo ''meme'' pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra. Este uso aproxima o termo da analogia da "linguagem como vírus", afastando-o do propósito original de Dawkins, que procurava definir os memes como replicadores de comportamentos.
Utilizador anónimo

Menu de navegação