Saltar para o conteúdo

Casa da moeda: diferenças entre revisões

1 333 bytes adicionados ,  09h07min de 20 de junho de 2018
sem resumo de edição
=== [[Portugal]] ===
{{artigo principal|[[Imprensa Nacional-Casa da Moeda]] (INCM)}}
A Casa da Moeda de Lisboa é provavelmente o mais antigo estabelecimento fabril do Estado português, com operação contínua desde, pelo menos, o final do século XIII. As mais antigas notícias da sua existência como oficina fixa datam do reinado de [[D. Dinis]], (1279-1325), localizada perto da «porta da Cruz», a Santa Apolónia.
 
No século XIV foi transferida para o local onde mais tarde esteve a cadeia do Limoeiro, junto à [[Sé de Lisboa]], e no reinado de [[D. João I]], (1385-1433) vamos encontrá-la na Rua Nova, em frente à ermida de Nossa Senhora da Oliveira.
 
Em meados do século XVI foi transferida mais para ocidente e laboraria na Rua da Calcetaria, perto do Paço da Ribeira, onde permaneceu até 1720.
 
Nesse ano, foi transferida para a Rua de São Paulo, conforme se lê numa «lembrança» registada a fls. 253 v do livro 2º do Registo Geral, que informa que nessa data «se fes mudança da fabrica e mais materiaes e o cofre da Caza da Moeda desta cidade de Lisboa a qual estava situada em a rua da Calsetaria pª o chão em q. estava situada a Junta do Comercio Geral, em o qual chão se adeficou noua Caza da Moeda.».
 
Aí permaneceu até 1941, quando mudou para o novo edifício projetado pelo Arqº Jorge Segurado, onde ainda hoje se encontra.<ref>https://www.incm.pt/portal/incm_hcm.jsp</ref>
 
{{Referências}}