Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Escola de Sagres"

1 byte adicionado ,  21h46min de 7 de novembro de 2018
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 195.234.134.115, com Reversão e avisos)
Um século depois, o [[Francisco de São Luís Saraiva|cardeal Saraiva]] refere que o desenvolvimento da marinha portuguesa se deveu à escola criada por D. Henrique, e que foi neste instituto que os diferentes instrumentos e métodos de navegação, utilizados nos descobrimentos, foram concebidos e construídos.<ref name="instcamoes"/>
 
Também alguns historiadores estrangeiros analisaram este assunto. O escritor [[Conrad Malte-Brun]] refere que em Portugal, no século XV, havia várias escolas para o estudo da navegação, e que o próprio Colombo tinha aprendido a arte da navegação delas.<ref name="instcamoes"/>
 
O reforço da ideia da existência da Escola de Sagres foi feita por [[Joaquim Pedro de Oliveira Martins|Oliveira Martins]] na sua obra ''Os Filhos de D. João I''¸ onde regista uma lista de obras que teriam sido utilizadas pelo infante e pelos mestres da escola. Esses livros teriam sido adquiridos pelo infante D. Pedro, durante as suas viagens pela Europa. No entanto, esta ideia foi sucessivamente recusada pois era impossível que os livros que constam nessa lista tivessem sido trazidas para Portugal por D. Pedro.<ref name="instcamoes"/>
Utilizador anónimo