Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Laura Soveral"

2 727 bytes adicionados ,  14h22min de 25 de janeiro de 2019
Revisão + refs SNI + Prémio Bárbara Virgínia + Sophia + Correpondendo informação a fonte após eliminação de WP:IMDB + ajs + removido conteúdo sem WP:V + fref
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta10))
(Revisão + refs SNI + Prémio Bárbara Virgínia + Sophia + Correpondendo informação a fonte após eliminação de WP:IMDB + ajs + removido conteúdo sem WP:V + fref)
{{mais fontes|Esta biografia|bio|tv|cine|pt|data=janeiro de 2019}}
{{Info/Ator
|lang = pt
|morte_data = {{morte|12|07|2018|23|03|1933}}
|morte_local = [[Lisboa]], [[Portugal]]
|ocupação = [[Atrizatriz]]
|atividade =
|sophia = Prémio Sophia de Carreira ([[Prémios Sophia de 2013|2013]])
|outros_prémios = [[Prémio Bordalo]] (1968) Cinema<br>
|outros_prémios = Prémio de Melhor Actriz de Cinema (1968) [[Secretariado Nacional de Informação|SNI]] <br> [[Prémio da Imprensa]] (1968) Cinema <br> [[Prémio Bárbara Virgínia]] (2016)
Prémio Bárbara Virgínia (2017)
|nomeações = [[Prémios Sophia|Prémio Sophia]] ([[Prémios Sophia de 2013|2013]]) Melhor Atriz Principal
|indicações =
|site_oficial =
|IMDB_id = 0816310
|assinatura =
}}
'''Maria Laura do Soveral Rodrigues''' ([[Benguela]], {{data|[[23 de março]] de [[1933 no cinema|3|23}}1933]] – [[Lisboa]], {{data|[[12 de julho]] de [[2018 no cinema|07|12}}2018]]) foi uma premiada [[Ator|atriz]] [[Portugueses|portuguesa]]. Recebeu o [[Prémio Bordalo]] (1968) na categoria de "Teatro".
 
Com inúmeros trabalhos em teatro, foi também reconhecida pela sua atividade cinematográfica, salientando-se ''[[Uma Abelha na Chuva]]'' (1972), de [[Fernando Lopes]], como um dos seus primeiros trabalhos.
 
==Biografia==
Maria Laura do Soveral Rodrigues, mais conhecida como Laura Soveral,<ref>{{citar web |título=Certidão de lista de associadas da Audiogest |url=http://www.passmusica.pt/Passmusica/docs/Certidao%20de%20Lista%20de%20Associados%20GDA.ADG.pdf |data=2007-07-25 |publicado=IGAC/Ministério da Cultura |acessodata=30 de Dezembro de 2013 |wayb=20131224092836 |datali=2017-10-10 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20131224092836/http://www.passmusica.pt/Passmusica/docs/Certidao%20de%20Lista%20de%20Associados%20GDA.ADG.pdf# |arquivodata=24 de dezembro de 2013 |urlmorta=yes }}</ref> nasceu em 23 de março de 1933, Benguela (Angola colonial).<ref name="cvc07">{{citar web |url=http://cvc.instituto-camoes.pt/cinema/cronologia/cro035.html |título=Cinema Português : Cronologia : 1933 |autor=|data=2003-2007 |publicado=Instituto Camões |acessodata=2017-10-03 |notas=Indica "O Passado e o Presente (1971)"}}</ref>
 
Vinda de [[Benguela]], onde trabalhava num jardim de infância, enveredou pela representação ao estabelecer-se em [[Lisboa]]. A frequentar Filologia Germânica, na [[Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa|Faculdade de Letras]], iniciou-se em [[1964]], no ''Grupo Fernando Pessoa'', dirigido por [[João d'Ávila]]. Inscrevia-se, entretanto, na [[Escola Superior de Teatro e Cinema|Escola de Teatro do Conservatório Nacional]].
 
Participou no filme ''Estrada da Vida'' (1968), de [[Henrique Campos]].<ref name="cvc07"/> EmPor 1968este papel Laura Soveral recebeu o Prémio de Melhor Actriz de Cinema (1968), atribuído pelo [[Secretariado Nacional de Informação|SNI]]., Colaborounum naano televisãoem ondeque foitambém sendoforam chamadadistinguidos parao fazerdocumentário teatro''Keramus'', oude para[[Afonso declamarBotelho]] poemas(Prémio noPaz programados ''HospitalReis) das Letras'' dee [[DavidAquilino Mourão-FerreiraMendes]] (Melhor Fotografia), num ano em que não foram atribuídos os prémios para "Melhor Filme" e "Melhor Actor".<ref>{{citarCitar livrotese|ultimo=Cunha |autorprimeiro=Leitão-Ramos,Paulo Manuel Ferreira da Jorge |ano=19822005 |título=Dicionário"Os 20Filhos AnosBastardos" de: Afirmação e reconhecimento do Novo Cinema ModernoPortuguês 1967-74 |capítulo=F. Prémios de Cinema em Portugal (1944-74) |url=http://www.academia.edu/2241022/Os_filhos_bastardos._Afirma%C3%A7%C3%A3o_e_reconhecimento_do_Novo_Cinema_Portugu%C3%AAs_1967-74_2005_ |grau=Mestrado |editora=Diário |instituicao=Faculdade de LisboaLetras da Universidade de Coimbra |local=Coimbra |página=259 |isbn= |expediente= |oclc= |acessodata=2019-01-25}}</ref>
 
Colaborou na [[televisão]] onde foi sendo chamada para fazer teatro ou para declamar poemas no programa ''Hospital das Letras'' de [[David Mourão-Ferreira]].<ref>{{citar livro |último=Leitão-Ramos |primeiro=Jorge |ano=1982 |título=Dicionário 20 Anos de Cinema Moderno em Portugal |editora=Diário de Lisboa |página=|isbn=|acessodata=}}</ref>
Laura Soveral recebeu o [[Prémio da Imprensa|Prémio Bordalo]] (1968), na categoria de "Cinema", entregue pela [[Casa da Imprensa]], em 1969, que também distinguiu nessa ocasião o ator [[João Lourenço (actor)|João Lourenço]] e a [[curta-metragem]]''[[Tapeçaria, Uma Tradição que Revive]]'' de [[António-Pedro Vasconcelos]].<ref>{{citar web |url=http://www.jornalistas.eu/?n=456 |título=Prémios Bordalo |data=22/01/2002 |autor= |publicado=Sindicato dos Jornalistas |acessodata=2017-09-22 |notas=Em 1969 e 1971 denominado "Prémio da Imprensa". Presumida gralha "1973" para data de cerimónia.}}</ref>
 
Laura Soveral recebeu o [[Prémio da Imprensa|Prémio Bordalo]] (1968), actual ''Prémio Bordalo'' na categoria de "Cinema", entregue pela [[Casa da Imprensa]], em 1969, que também distinguiu nessa ocasião o ator [[João Lourenço (actor)|João Lourenço]] e a [[curta-metragem]] ''[[Tapeçaria, Uma Tradição que Revive]]'' de [[António-Pedro Vasconcelos]].<ref>{{citar web |url=http://www.jornalistas.eu/?n=456 |título=Prémios Bordalo |data=22/01/2002 |autor= |publicado=Sindicato dos Jornalistas |acessodata=2017-09-22 |wayb=20160304031343 |datali=2019-01-25 |notas=Em 1969 e 1971 denominado "Prémio da Imprensa". Presumida gralha "1973" para data de cerimónia.}}</ref>
 
Entre 1970 e 1971 tem a sua mais importante época no teatro, fazendo ''[[O Processo|O Processo de Kafka]]'' e ''Depois da Queda'' de [[Arthur Miller]]. Em 1970 apresentou o programa ''Curto-Circuito'' da [[RTP]].
A sua longa experiência cinematográfica passa por filmes como ''Vale Abraão'' e ''A Divina Comédia'' de Manoel de Oliveira, ''Terra Sonâmbula'' de Teresa Prata, ''O Fatalista'' e ''Tráfico'' de [[João Botelho]], ''Quaresma'' de João Álvaro Morais, ''O Delfim'' de Fernando Lopes, ''Encontros Imperfeitos'' de Jorge Marecos Duarte, entre muitos outros.
 
A [[Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas|Academia Portuguesa de Cinema]] atribui-lhe [[Prémios Sophia|Prémio Sophia de Carreira]] ([[Prémios Sophia de 2013|2013]]), a par de [[Acácio de Almeida]] e [[José Manuel Castello Lopes]].<ref>{{citar web |url=http://www.publico.pt/cultura/noticia/florbela-e-tabu-foram-os-grandes-vencedores-dos-premios-sophia-1608310 |título=''Florbela'' e ''Tabu'' foram os grandes vencedores dos prémios Sophia |jornal=Público data=7 de outubro de 2014 |acessodata=19 de abril de 2014}}</ref> Nessa mesma edição, Laura Soveral estava nomeada para o prémio de "Melhor atriz principal", pela sua participação em ''[[Tabu (filme de 2012)|Tabu]]'' (2012) de [[Miguel Gomes (cineasta)|Miguel Gomes]].<ref>{{citar web |autor=L.S. |data=11 de setembro de 2013 |url=https://mag.sapo.pt/cinema/atualidade-cinema/artigos/tabu-e-florbela-entre-nomeados-para-melhor-filme-dos-premios-sophia-2013 |título="Tabu" e "Florbela" entre nomeados para Melhor Filme dos Prémios Sophia 2013 |publicado=SapoMag |acessodata=2019-01-25}}</ref>
Integrou o elenco da novela ''[[Tempo de Viver (2006)|Tempo de Viver]]'' (2006), e da série ''[[O Testamento]]'' da [[RTP]].
 
Voltou a ser distinguida pela Academia Portuguesa de Cinema, desta feita com [[Prémio Bárbara Virgínia]] (2016).<ref name="lux16">{{citar web |autor=Rita Aleixo |data=2016-12-23 |título=Júlia Buisel vence prémio Bárbara Virgínia da Academia Portuguesa de Cinema |url=https://www.luxwoman.pt/laura-soveral-recebe-premio-barbara-virginia/ |revista=Lux Woman |acessodata=2019-01-25}}</ref>
Em televisão, o seu último papel foi na novela "Belmonte", da TVI, emitida entre 2013 e 2014.
 
MorreuLaura Soveral morreu a 12 de julho de 2018, no [[Hospital de Santa Maria]], em Lisboa,.<ref>{{citar vítimaweb de|autor=Agência [[EscleroseLusa lateral|data=12.07.2018 amiotrófica]], onde se encontrava internada.<ref>[|url=https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/faleceu-a-atriz-laura-soveral |título=Faleceu a atriz Laura Soveral, aos 85 anos, Lusa 12.07.2018]|publicado=Sapo24 |acessodata=2017-10-03}}</ref>
 
==Cinema==
{|class="wikitable sortable"
|-bgcolor="#CCCCCC"
! {{Tooltip|Ano|Ano de estreia}} !! Título !! Ref{{Tooltip|Refs.|Referências}}
|-
| 1968 || ''[[Estrada da Vida (1968)|Estrada da Vida]]'' ||<ref name="ubi17">{{citar web |url=http://www.cinept.ubi.pt/pt/pessoa/2143688796/Laura+Soveral |título=Pessoa :Laura Soveral |autor=|data= |publicado=CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior) |acessodata=2017-10-03 |notas=Indica "Oxalá (1981)", "Matar Saudades (1987)", "Ao Sul (1994)" e "Cinco Dias, Cinco Noites (1996)"}}</ref>
|-
| 1972 || ''[[Uma Abelha na Chuva]]'' || <ref name="ubi17"/>
| 1981 || ''[[Francisca (filme)|Francisca]]'' ||
|-
| 19801981 || ''[[Oxalá (filme)|Oxalá]]'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 1987 || ''Relação Fiel e Verdadeira'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 19881987 || ''[[Matar Saudades]]'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 1991 || ''[[A Divina Comédia (filme)|A Divina Comédia]]'' || <ref name="ubi17"/>
| 1993 || ''[[Vale Abraão]]'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 1993 || ''A Tremonha de Cristal'' (documentário) ||<ref>{{citar livro |autor=Manuela Penafria |url=http://www.labcom-ifp.ubi.pt/ficheiros/penafria_manuela_paradigma_doc.pdf |titulo=O Paradigma do Documentário : António Campos, Cineasta |ano=2009 |publicado=Livros Labcom (Universidade da Beira Interior) |local=Covilhã |página=226 |ISBN= 978-989-654-013-5|acessodata=2019-01-25}}</ref>
| 1995 || ''Ao Sul'' ||<ref name="ubi17"/>
 
|-
| 19951994 || ''Ao Sul'' ||<ref name="ubi17"/>
|-
| 1994 || ''[[Três Irmãos (1994)|Três Irmãos]]'' ||
|-
| 1995 || ''[[Cinco Dias, Cinco Noites]]'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 1995 || ''O Inferno Verde'' de Philippe Bensoussan ||
|-
| 19951996 || ''[[Cinco Dias, Cinco Noites]]'' || <ref name="ubi17"/>
|-
| 1996 || ''[[Adeus, Pai]]'' || <ref name="ubi17"/>
| 2014 || ''[[Os Maias (filme)|Os Maias: Cenas da Vida Romântica]]'' || <ref name="ubi17"/>
|}
 
 
 
 
==Televisão==
{|class="wikitable sortable"
|-bgcolor="#CCCCCC"
! {{Tooltip|Ano|Ano de estreia}} !! Título !! Personagem !! Ref{{Tooltip|Refs.|Referências}}
|-
| 1964 || ''Hospital das Letras'' || ||
{|class="wikitable sortable"
|- bgcolor="CCCCCC"
! {{Tooltip|Ano|Ano de estreia}}!! Título !! Companhia ou Grupo !! Ref{{Tooltip|Refs.|Referências}}
|-
|1967 || ''D. Quixote'' || TEC - [[Teatro Experimental de Cascais]] || <ref name="CET14">{{citar web |título=Ficha de Pessoa : Laura Soveral |url=http://ww3.fl.ul.pt/CETbase/reports/client/Report.htm?ObjType=Pessoa&ObjId=5134 |data=22 de Janeiro de 2014 |autor= |publicado=Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal |acessodata=2017-10-10}}</ref>
[[Categoria:Naturais de Angola colonial]]
[[Categoria:Atrizes de Portugal]]
[[Categoria:Alumni da Universidade de Lisboa]]
[[Categoria:Prémio Sophia de carreira]]