Diferenças entre edições de "Ciências sociais"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
9 bytes adicionados ,  13h03min de 29 de março de 2019
sem resumo de edição
(bot: revertidas edições de 2804:14C:160:9016:1D41:6FB7:6E0A:618D ( modificação suspeita : -27), para a edição 54563452 de 79a)
 
== Classificação das ciências ==
Diferenciam-se das [[arte]]s e das [[humanidades]] pela preocupação metodológica. Os métodos das ciências sociais, como a observação participante e o ''[[Inquérito estatístico|survey]]'', podem ser utilizados nas mais diversas áreas do conhecimento, não apenas na grande área das humanidades e artes, mas também nas ciências sociais aplicadas, nas ciências da terra, nas ciências agrárias, nas ciências biomédicas etc. aaaa
 
Embora polêmica, é comum a distinção entre [[ciências exatas]] e [[ciências humanas]].
 
== História ==
As ciências sociais surgiram na Europa do [[século XIX]], mas foi no [[século XX]], em decorrência das obras de Marx, DurkheimDurkheimiano e Weber que as ciências sociais se desenvolveram. O carro-chefe foi a sociologia: neologismo criado pelo francês Comte, seu primeiro professor.
 
Durkheim e seus pares se esmeraram na busca de regras de método que elevassem ao ''status'' científico o conhecimento sobre a sociedade. Marx, ao contrário, mal visto pelos seus pares, foi encontrar na classe trabalhadora sua identidade. As atrocidades das relações de trabalho da época fizeram com que ele atribuísse a esse grupo social, assim definido em relação ao sistema econômico capitalista, ora a força da transformação da sociedade, ora apenas uma peça do complexo quebra-cabeças da história. No meio-termo entre o academicismo e o militantismo, está a participação de Weber, para quem a ciência e a política são duas vocações distintas. Distintas, mas comensuráveis: ele próprio teórico da burocracia e do processo de modernização, contribuiu para a burocratização e modernização da [[Alemanha]], ocupando cargos políticos.

Menu de navegação