Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Basquetebol em cadeira de rodas"

1 byte adicionado ,  17h21min de 30 de julho de 2019
→‎História: o "o" paraolímpico
m (Protegeu "Basquetebol em cadeira de rodas": Vandalismo excessivo (progressivo) ([Editar=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 12h24min de 30 de maio de 2019 (UTC)) [Mover=Permitir apenas utilizadores autoconfirmados] (expira a 12h24min de 30 de maio de 2019 (UTC))))
(→‎História: o "o" paraolímpico)
A adaptação do basquetebol para o jogo em cadeira de rodas aconteceu, principalmente, após a Segunda Guerra Mundial. Ex-soldados do exército americano, feridos durante o confronto, se reuniram em uma quadra de um hospital de reabilitação e começaram a jogar. Na Inglaterra, a prática também era usada na reabilitação de pacientes no hospital de Stoke Mandeville.
 
Este esporte fez sua estreia nos primeiros Jogos ParalímpicosParaolímpicos, realizados no ano de 1960 em Roma, e é um dos poucos que esteve presente em todas as edições do evento. As mulheres entraram na disputa em 1968, em Tel Aviv, capital de Israel.
 
O basquetebol em cadeira de rodas é disputado por pessoas com alguma deficiência físico-motora. As cadeiras são adaptadas e padronizadas, conforme previsto nas regras, sob a responsabilidade da Federação Internacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas (IWBF, em inglês), fundada em 1989 e que ganhou independência em 1998.