Saltar para o conteúdo

Ciclogênese tropical: diferenças entre revisões

6 bytes adicionados ,  31 de outubro de 2019
m
→‎top: manutênção refs.
m (Substituição de predefinições obsoletas)
m (→‎top: manutênção refs.)
 
|url = http://nsidc.org/arcticmet/glossary/cyclogenesis.html
|publicado = National Snow and Ice Data Center
|acessodata = [[20 de Outubro]] de [[2006]]
|arquivourl = https://web.archive.org/web/20060830135741/http://www.nsidc.org/arcticmet/glossary/cyclogenesis.html
|arquivodata = 2006-08-30
</ref> Os mecanismos pelos quais ocorrem as ciclogêneses tropicais são claramente diferentes das ciclogêneses que ocorrem nas [[latitude]]s médias. A ciclogênese tropical envolve o desenvolvimento de um ciclone de [[Ciclone tropical#Formação|núcleo quente]], devido à [[convecção]] significativa num ambiente atmosférico favorável. Formam-se anualmente, em média, 86 ciclones tropicais com intensidade de tempestades tropicais, sendo que 47 alcançam a força de um furacão/tufão, e 20 se tornam ciclones tropicais intensos (no mínimo uma categoria 3 na [[Escala de Furacões de Saffir-Simpson]]).<ref>
{{citar web
|autor = [[Chris Landsea]]|autorlink = Chris Landsea
|url = http://www.aoml.noaa.gov/hrd/Landsea/climvari/table.html
|titulo = Climate Variability table - Tropical Cyclones
|publicado = [[Laboratório Oceanográfico e Meteorológico do Atlântico]]
|acessodata = [[19 de Outubro]] de [[2006]]
}}
</ref>