Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Lide (jornalismo)"

164 bytes removidos ,  20h50min de 1 de março de 2020
m
Foram revertidas as edições de 2804:14C:5BC8:8F3E:BDA6:8E80:469C:CBC6 para a última revisão de 2804:D47:5618:7B00:AD2A:EA7B:86F4:9F77, de 12h58min de 6 de novembro de 2019 (UTC)
(- Quem? - O quê? - Onde? - Quando? - Como? - Por que?)
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:5BC8:8F3E:BDA6:8E80:469C:CBC6 para a última revisão de 2804:D47:5618:7B00:AD2A:EA7B:86F4:9F77, de 12h58min de 6 de novembro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
O [https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/80216 lide] deve ser objetivo e direto, evitando a subjetividade, e pautar mais pela exatidão, linguagem clara e simples. O leitor ganha interesse pela notícia quando o lide é bem elaborado e coerente.
 
<br />
 
=== ''Lead'' jornalismo ===
 
==== - Quem? ====
 
==== - O quê? ====
 
==== - Onde? ====
 
==== - Quando? ====
 
==== - Como? ====
 
==== - Por que? ====
<br />
== História ==
Fruto de obstáculos de comunicação o lide surgiu no século XIX nos Estados Unidos. Jornalistas que cobriam a Guerra Civil Americana entre os anos de 1861 e 1865, enfrentavam sérios problemas para noticiar. Nessa época o problema girava em torno de muitos jornalistas e poucas linhas de telégrafo para fazer a transmissão das notícias, então era necessário criar uma tática para que as informações mais importantes fossem passadas primeiro. Um parágrafo de cada matéria era transmitido, depois passavam para o segundo e assim por diante, até o fim da notícia. E assim surgiu o lide.