Diferenças entre edições de "Multishow ao Vivo: Ivete no Maracanã"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
m
 
== Antecedentes ==
O quinto álbum de estúdio de Sangalo, ''[[As Super Novas]]'', tornou-se um sucesso comercial e vendeu mais de um milhão de cópias no Brasil, sendo, portanto, condecorado com [[Certificações de vendas de discos no mundo|certificação de diamante]] pela [[Associação Brasileira dos Produtores de Discos]] (ABPD).<ref>{{citar web|url=https://pro-musicabr.org.br/home/certificados/?busca_artista=Ivete+Sangalo&tmidia=1|título=Certificados - Ivete Sangalo (Pro-Música Brasil)|publicado=[[Pro-Música Brasil]]|acessodata=6 de maio de 2020}}</ref> A artista, em divulgação ao trabalho, excursionou com a digressão [[Ivete Sangalo Live!]], com datas totalmente dedicadas a concertos internacionais durante o primeiro semestre de 2006, ao mesmo tempo em que percorria o Brasil com a [[Turnê D'As Super Novas]].<ref>{{citar web |url=https://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/show-de-ivete-sangalo-reune-50-mil-pessoas-em-salvador/2006/08/06-38889.html|titulo=Show de Ivete Sangalo reúne 50 mil pessoas em Salvador|publicado=''O Fuxico''|acessodata=19 de julho de 2015}}</ref> Durante uma dessas apresentações, a cantora recebeu uma ligação do produtor musical brasileiro [[Max Pierre]], que sugeriu a ela que gravasse seu segundo disco ao vivo no [[Estádio do Maracanã]], no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]. A princípio, a brasileira descartou a ideia, uma vez que tinha algumas dúvidas quanto ao êxito do projeto; contudo, acabou por ser convencida por seu irmão e empresário, Jesus Sangalo, aceitando a proposta e começando a conceber as primeiras ideias do projeto.<ref>"Diário de bordo", ''making of'' do DVD ''Ivete no Maracanã''. Universal Music. Brasil, 2007. Disponível em vídeo no [https://www.youtube.com/watch?v=tkJvf6nsZOc YouTube]. Consultado em 6 de maio de 2020.</ref>
 
Logo após um período de negociações com a equipe responsável pelo estádio, foi decidido que a co-produção do evento ficaria a cargo da [[Caco de Telha]], empresa de propriedade da musicista, que fechou um contrato de produção com o canal de televisão por assinatura [[Multishow]], que demonstrou interesse pela viabilização do projeto.<ref name="produção">{{citar web|url=https://www.baressp.com.br/noticias/ivete-apresenta-como-sera-seu-show-multishow-ao-vivo-ivete-sangalo-no-maracana|título=Ivete apresenta como será seu show Multishow ao Vivo – Ivete Sangalo no Maracanã|publicado=BaresSP|acessodata=5 de maio de 2012}}</ref><ref name="produção2">{{citar web|url=http://musica.terra.com.br/interna/0,,OI1110128-EI1267,00.html|título=Ivete diz que ficou "supergostosa" em seu novo show|publicado=[[Terra (site)|Terra]]|data=28 de agosto de 2006|acessodata=5 de maio de 2012}}</ref> Com intuito de que o projeto tivesse uma estrutura inédita e de alta tecnologia,<ref name="produção3">{{citar web|url=http://musica.terra.com.br/interna/0,,OI1300552-EI1267,00-Ivete+quer+clima+de+final+de+Copa+em+show+no+Maracana.html|título=Ivete quer "clima de final de Copa" em show no Maracanã|publicado=[[Terra (site)|Terra]]|data=14 de dezembro de 2006|acessodata=5 de maio de 2012}}</ref> Sangalo e sua equipe recrutaram Rafael Dragaud e José Cláudio Ferreira, que ficaram a cargo do cenário; os dois apresentaram uma estrutura de palco que cobriria 22 metros de largura e 17,6 metros de profundidade. Do piso do palco para o gramado do Maracanã a altura seria de 2,2 metros e do piso do palco ao teto da estrutura, 14 metros. No fundo do palco, um telão em [[LED]] 15m X 6m – maior painel de LED já utilizado em algum show no Brasil – que projetou as imagens da apresentação, além de painéis G-Lec de tecnologia alemã de [[Vídeo de alta definição|alta resolução]], também usados pela primeira vez no país.<ref name="SRzd">{{citar web |url=https://www.srzd.com/brasil/ivete-sangalo-se-apresentara-no-maracana/|titulo=Ivete Sangalo se apresentará no Maracanã|trabalho=SRzd|data=14/12/2006|autor=Redação SRzd}}</ref> Com uma estrutura de palco contando com um enorme telão de ao fundo do palco que por algumas vezes reproduzia a letra de algumas canções executas, dois telões nas laterais especiais gigantes, em LED, além de uma enorme passarela.<ref name="SRzd"/> "Quero balançar o Maracanã como se fosse gol na final de Copa do Mundo, com Brasil ganhando, claro", declarou Sangalo.<ref name="produção3"/>
17 809

edições

Menu de navegação