Diferenças entre edições de "Igreja de Nossa Senhora dos Remédios (Fernando de Noronha)"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
→‎História: Sobre a Paróquia. Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/blog/viver-noronha/post/igreja-dos-remedios-de-fernando-de-noronha-vai-se-tornar-paroquia.html
m (Foram revertidas as edições de 191.6.50.149 (usando Huggle) (3.4.9))
Etiquetas: Huggle Reversão
(→‎História: Sobre a Paróquia. Fonte: http://g1.globo.com/pernambuco/blog/viver-noronha/post/igreja-dos-remedios-de-fernando-de-noronha-vai-se-tornar-paroquia.html)
 
 
== História ==
O templo foi iniciado em [[1737]], assim como a [[Forte de Nossa Senhora dos Remédios de Fernando de Noronha|Fortaleza dos Remédios]], mas apenas foi concluído em [[1772]], data que ostenta em sua fachada, sendo-lhe acrescidos os ornamentos e paramentos a partir de então, processo que estaria concluído em [[1784]]. Em [[1789]] foi eclesiasticamente ligada à Paróquia de São Frei Pedro Gonçalves, como extensão da mesma. Essa dependência existe até aos nossos dias.
 
Em [[1789]] foi eclesiasticamente ligada à Paróquia de São Frei Pedro Gonçalves (Igreja da Madre de Deus), no Recife. Já a festa de Nossa Senhora dos Remédios foi institucionalizada em 1947, por decreto do Major Mário Fernandes Imbiriba, então governador do Território Federal Militar, que instituiu o dia 29 de agosto como o dia da Padroeira, fazendo dessa data feriado distrital na ilha, com festas religiosas e profanas.
 
Em 2017, o Arcebispo Metropolitano da [[Arquidiocese de Olinda e Recife]], [[Antônio Fernando Saburido|Dom Antônio Fernando Saburido, OSB]] criou oficialmente a Paróquia Nossa Senhora dos Remédios de Fernando de Noronha, passando o templo a ser a Igreja Matriz.
 
O templo sofreu obras de restauração em [[1891]], seguidas de novas intervenções em [[1915]] e [[1919]]. A última intervenção de restauração teve lugar em [[1988]], com recursos federais, e a sua reinauguração foi presidida pelo então Arcebispo Emérito de Olinda e Recife, Dom [[Hélder Câmara]]. Em [[1997]]-[[1998]] o templo foi revitalizado pela iluminação noturna, período em que a pintura voltou a ter as suas cores originais.

Menu de navegação