Diferenças entre edições de "Dissonância cognitiva"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
7 bytes removidos ,  22h38min de 18 de junho de 2020
(data)
CONSUMIDOR: UM ESTUDO SISTEMÁTICO|url=|jornal=Revista de administração do UNISAL|acessodata=}}</ref>
 
A partir de um estudo das publicações que abordavam a dissonância cognitiva em comportamento do consumidor, Cummings e Venkatesa (1976) defendem que a dissonância cognitiva pós-compra acontece em maior grau quando a escolha é irrevogável e quando o consumidor tem alto envolvimento (percepção de decisão importante). Os autores ainda esclarecem que “(...) é esperado que a magnitude da dissonância influencie a mudança de atitude e/ou comportamento pós-compra, mas não impede a busca de informações pós-compra” (p. 306, tradução livre). Por exemplo, Keng e Liao (2013) verificaram que a dissonância cognitiva pós-compra pode diminuir a satisfação e as chances de recompra. Para os autores, a dissonância acontece tanto após a compra quanto após o uso do produto.<ref>{{citar periódico|ultimo=Luz|primeiro=Victoria|data=2016|titulo=DISSONÂNCIA COGNITIVA NAS PESQUISAS DO COMPORTAMENTO DO
A partir de um estudo das publicações que abordavam a dissonância cognitiva em
 
comportamento do consumidor, Cummings e Venkatesa (1976) defendem que a dissonância
 
cognitiva pós-compra acontece em maior grau quando a escolha é irrevogável e quando o
 
consumidor tem alto envolvimento (percepção de decisão importante). Os autores ainda
 
esclarecem que “(...) é esperado que a magnitude da dissonância influencie a mudança de
 
atitude e/ou comportamento pós-compra, mas não impede a busca de informações pós-compra” (p. 306, tradução livre).
 
Por exemplo, Keng e Liao (2013) verificaram que a dissonância cognitiva pós-compra pode diminuir a satisfação e as chances de recompra. Para os autores, a
 
dissonância acontece tanto após a compra quanto após o uso do produto.<ref>{{citar periódico|ultimo=Luz|primeiro=Victoria|data=2016|titulo=DISSONÂNCIA COGNITIVA NAS PESQUISAS DO COMPORTAMENTO DO
CONSUMIDOR: UM ESTUDO SISTEMÁTICO|url=|jornal=Revista de Administração do UNISAL|acessodata=}}</ref>
 
26

edições

Menu de navegação