Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "As Aventuras de Poliana"

70 bytes adicionados ,  17h55min de 30 de julho de 2020
Existem alguns elementos de Patito Feo na trama,como a escola Ruth Goulart e as tramas relacionadas a empresa de videogames ONZE
m (Rumores = especulação = possivelmente falso)
(Existem alguns elementos de Patito Feo na trama,como a escola Ruth Goulart e as tramas relacionadas a empresa de videogames ONZE)
| relacionados = ''[[Pollyana (telenovela)]]''<br>''[[Pollyana Moça (telenovela)|Pollyana Moça]]''
}}
'''''As Aventuras de Poliana''''' é uma [[telenovela brasileira]] produzida e exibida pelo [[Sistema Brasileiro de Televisão|SBT]], com uma primeira temporada exibida entre 16 de maio de 2018 a 13 de julho de 2020, substituindo ''[[Carinha de Anjo]]'' e sendo substituída pela reprise de [[Chiquititas (2013)|Chiquititas]], já que a segunda temporada da novela teve suas gravações interrompidas por conta da [[pandemia de COVID-19]]. Baseada nos livros infantis ''[[Pollyanna]]'' (1913) e ''[[Pollyanna Grows Up|Pollyana Moça]]'' (1915), escritos por [[Eleanor H. Porter]], e também com alguns elementos da telenovela argentina [[Patito Feo]] é adaptada por [[Íris Abravanel]], com colaboração de Carlos Marques, Fany Nogueira, Grace Iwashita, Gustavo Braga, Marcela Arantes, supervisão de texto de Rita Valente, sob direção geral de [[Reynaldo Boury]].<ref name="Tribuna_Lançada"/> Esta é a segunda adaptação brasileira da obra, visto que a [[Rede Tupi de Televisão|Rede Tupi]] apresentou entre 1956 e 1957 a primeira versão, ''[[Pollyana (telenovela)|Pollyana]]'', a primeira telenovela infantil do Brasil.<ref name="pollyana">{{citar web |url=http://www.infantv.com.br/pollyana.htm |título=Pollyana - TV Tupi |obra=InfanTV |acessodata=4 de fevereiro de 2018}}</ref>
 
<!-- Apenas OITO atores na introdução. NÃO MODIFICAR-->Conta com [[Sophia Valverde]], Ígor Jansen, [[Larissa Manoela]], [[João Guilherme Ávila]], Vincenzo Richy, [[Thaís Melchior]], [[Murilo Cezar]] e [[Dalton Vigh]] nos papéis principais.
''Pollyanna'' é um [[best-seller]] de 1913 de [[Eleanor H. Porter]] (1868-1920) que é considerado um [[Lista de clássicos da literatura|clássico]] da literatura infantil.<ref>{{citar web |url=https://www.sbt.com.br/sbtnaweb/fiquepordentro/107247/Conhe%C3%A7a-os-amigos-e-vil%C3%B5es-de-Poliana-na-nova-novela-do-SBT.html |titulo=Conheça os amigos e vilões de Poliana na nova novela do SBT |autor=Luciana Nono |data=30 de abril de 2018 |acessodata=5 de maio de 2018}}</ref> O nome da personagem se tornou um termo popular na psicologia e sociologia, inspirando o [[síndrome de Poliana]] para alguém de perspectiva excessivamente otimista, cujo acaba se prejudicando por esperar demais das situações.<ref name="produção">{{citar web |url=https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/ooops/2018/05/16/sbt-aposta-alto-contra-globo-e-estreia-novela-mais-cara-de-sua-historia.htm |titulo=SBT aposta alto contra Globo e estreia novela mais cara de sua história |publicado=UOL |data=16 de maio de 2018 |acessodata=16 de maio de 2018}}</ref><ref>{{citar web |url=https://www.dicionarioinformal.com.br/significado/s%C3%ADndrome%20de%20pollyanna/6873/ |título=Síndrome de Pollyanna |publicado=Dicionário Online |acessodata=5 de maio de 2018}}</ref> O livro foi um sucesso tão grande que Porter logo produziu uma sequência, ''[[Pollyanna Grows Up]]'' (1915), falando sobre a adolescência da personagem. Posteriormente onze sequências de ''Pollyanna'', conhecidas como Glad Books, foram publicadas mais tarde, escritas por Elizabeth Borton e Harriet Lummis Smith, e outras obras derivadas ou inspiradas surgiram, como ''Pollyanna Plays the Game'', escrita por por Colleen L. Reece em 1997. Desde 2013 a obra já se encontra em [[domínio público]].<ref name="fabianaschiavon">{{citar web|url=https://f5.folha.uol.com.br/televisao/2018/05/inspirada-no-classico-pollyanna-sbt-estreia-novela-que-deve-durar-dois-anos.shtml|título=Inspirada no clássico 'Pollyanna', SBT estreia novela que deve durar dois anos|autor=Fabiana Schiavon|data=15 de maio de 2018|publicado=[[Folha de S.Paulo]]|acessodata=16 de maio de 2018}}</ref>
 
''Pollyanna'' foi adaptada para o cinema e a televisão váriasdiversas vezes.<ref>{{citar web | ultimo=Safner | primeiro=Cadu | titulo=História de Poliana do SBT já esteve duas vezes no cinema e tem continuação literária com a personagem adulta | publicado=Observatório da Televisão | data=30 de abril de 2018 | url=https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2018/04/historia-de-poliana-do-sbt-ja-esteve-duas-vezes-no-cinema-e-tem-continuacao-literaria-com-a-personagem-adulta | acessodata=5 de maio de 2018}}</ref> Em 1920 no [[filme mudo]] estrelada por [[Mary Pickford]].<ref>{{citar web |url=https://www.imdb.com/title/tt0011588/ |data= |acessodata=5 de maio de 2018 |obra=[[Internet Movie Database]] |publicado=Imdb.com |título=Pollyanna (1920) |língua=inglês}}</ref> A [[Pollyanna (filme de 1960)|versão de 1960]] da [[Disney]] foi estrelada pela [[atriz-mirim]] [[Hayley Mills]], que ganhou um [[Oscar]] especial pelo papel. O canal japonês [[Fuji Television]] produziu o [[Pollyanna (anime)|anime de ''Pollyanna'']] em 1986 e a estadunidense [[NBC]] exibiu um [[telefilme]] denominado ''Polly'' em 1989 estrelado por [[Keshia Knight Pulliam]].<ref>{{citar web |url=https://www.imdb.com/title/tt0098106/ |data= |acessodata=5 de maio de 2018 |obra=[[Internet Movie Database]] |publicado=Imdb.com |título="Abertura Disneylândia" Polly (TV Episode 1989) |língua=inglês}}</ref> No Brasil, em 1956 [[Tatiana Belinky]] adaptou-o como telenovela na [[Rede Tupi de Televisão|Rede Tupi]].<ref>{{citar web |url=http://www.tudosobretv.com.br/telenovela/novel56.htm |título=Novelas de 1956 |obra=Tudo sobre TV |acessodata=4 de fevereiro de 2018}}</ref> ''[[Pollyana (telenovela)|Pollyana]]'' ficou no ar entre 9 de outubro de 1956 e 17 de janeiro de 1957, sendo a primeira telenovela infantil brasileira.<ref name="pollyana"/> Na época ainda não existia um método de gravação de [[videoteipe]], sendo que a telenovela era transmitida [[ao vivo]] e apenas duas vezes por semana, todas as terças e quintas-feiras a partir das 19h35.<ref>{{citar web |url=http://www.iaradocarmo.com.br/site/fatosfotos.php?pagina=45 |título=Fatos e Fotos: As novelas de antigamente |obra=Iara do Carmo |acessodata=4 de fevereiro de 2018 |wayb=20180617015208 |urlmorta=yes}}</ref> Em pouco tempo a trama se tornou o produto de maior repercussão da emissora.<ref>{{citar web |url=http://cartaodevisita.r7.com/conteudo/1175/era-uma-vez-na-tv-quatro-criancas-dominam-a-cena-nas-primeiras-novelinhas-da-tv-tupi |título=Era uma vez na TV: Quatro crianças dominam a cena nas primeiras novelinhas da TV Tupi |obra=R7 |acessodata=4 de fevereiro de 2018}}</ref>
 
== Produção ==
19 146

edições