Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Isabelle de Charrière"

Sem alteração do tamanho ,  13h16min de 20 de outubro de 2020
m
sem resumo de edição
m
 
== Biografía ==
 
Nascida no castelo de Zuylen, agora parte do municipiomunicípio de [[Utrecht]] em [[1740]], de uma família nobre holandesa, desde muito jovem, ela demonstrou uma surpreendente vivacidade intelectual, conseguindo falar várias línguas e interessar-se por ciências matemáticas e clássicos humanísticos. Aos 20 anos, estreou-se na literatura, publicando em francês ''Le Noble'' (1763), uma sátira aos preconceitos da aristocracia.<ref>[http://literatuurmuseum.nl/media/uploads/image/zuylen05-1980x_.jpg Página do Le Noble 1763]</ref>
 
Aos 30 anos, casou-se com Charles-Emmanuel de Charrière de Penthaz (1735-1808), ex-tutor de seu irmão, começando experimentar diferentes gêneros literários, peças teatrais, panfletos e obras musicais e romances, incluindo as ''Cartas de Neuchâtel'' ([[1784]]) e ''Cartas de Mistriss Henley'' ([[1784]]) e ''Cartas de Lausanne'' ([[1785]]).
* Heidi Bostic, ''The fiction of enlightenment: women of reason in the French eighteenth century'' [Francoise de Graffigny, Marie-Jeanne Riccoboni, Isabelle de Charrière]. Newark DE, University of Delaware Press, 2010. 270 p. {{ISBN|978-1611491302}}
 
== HonraríasHonrarias ==
Foi-lhe dedicado o [[asteroide]] [[9604 Bellevanzuylen]].