Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Bifosfonato"

 
== Efeitos colaterais ==
{{AP|Osteonecrose dos maxilares associados a medicamentos}}
O efeito colateral mais severo e não incomum desses medicamentos é o desenvolvimento de [[Necrose avascular|osteonecrose]] dos maxilares — [[Osso maxilar|maxila]] e [[mandíbula]] —, por eles causarem um comprometimento na vascularização e reparação óssea. Em 2004 foi publicada a primeira série de relatos que alertavam sobre seu efeito adverso, denominado ''osteonecrose dos maxilares''.<ref>{{citar periódico |url=https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/16966893/ |titulo=Dental endosseous implants in patients on bisphosphonate therapy |publicado=International Journal of Implant Dentistry |primeiro1=Crispian |último1=Scully |primeiro2=Jose Bagan |último2=Carlos Madrid |data=Setembro de 2006 |número=15 |volume=3 |páginas=212–218 |doi=10.1097/01.id.0000236120.22719.02 |pmid=16966893 |acessodata=9 de janeiro de 2021}}</ref> Acerca das hipósteses causadoras deste efeito induzido pelo agente antirreabsortivo são: diminuição da [[angiogênese]] — neoformação de vasos sanguíneos — por inibirem não somente os osteoclastos, como também os mediadores da [[inflamação]], estando diretamente relacionado ao processo de reparo de lesões ósseas; toxicidade à [[mucosa]] local; fatores genéticos e; supressão da remodelação óssea mediada pelos osteoclastos — este último, sendo o mais aceito pela comunidade científica.<ref name="Ruggiero">{{citar periódico |url=https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23159218/ |titulo=Emerging concepts in the management and treatment of osteonecrosis of the jaw |publicado=Oral and Maxillofacial Surgery Clinics of North America |primeiro1=Salvatore L. |último1=Ruggiero |data=Fevereiro de 2013 |número=25 |volume=1 |páginas=11–20 |doi=10.1016/j.coms.2012.10.002 |pmid=23159218 |acessodata=9 de janeiro de 2021}}</ref>