Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Caldeirão do Huck"

Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0.8) (Juan90264 - 7653
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas.) #IABot (v2.0.8) (Juan90264 - 7653)
|url= http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/03/26/lutador-pupilo-de-huck-diz-que-maverick-nao-anda-e-quer-reparo-no-caldeirao/ |título= Ex-lutador do UFC reclama do reparo do “Lata Velha” de Luciano Huck e diz que carro não anda |acessodata= 28 de outubro de 2016 |autor= |data= 26 de março de 2013 |obra= |publicado= uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br}}</ref>
 
João Filho, escrevendo para o ''[[The Intercept]]'' disse que "em 19 anos de Caldeirão, Huck faturou muitos milhões em cima da exposição da miséria na TV. Histórias dramáticas de famílias pobres eram exploradas em troca de assistencialismo barato patrocinado por grandes marcas. Ajudar pobre na TV sempre foi um negócio lucrativo. Hoje, o Caldeirão mudou um pouco o perfil. Huck agora aparece menos como um assistencialista e mais como o empreendedor social que aposta em ideias transformadoras. Deixou de dar o peixe para ensinar o pobre a pescar."<ref>{{citar web |url= https://theintercept.com/2019/10/13/huck-bolsonaro-renova-agora-candidatura/ |título= Não se engane: Luciano Huck tem lado na política – o lado direito |acessodata= 2019-11-09 |autor= João Filho |data= 2019-10-13 |obra= The Intercept |publicado= First Look Media |arquivodata= 09/11/2019-11-09 |arquivourl= httphttps://web.archive.org/web/20191109222619/https://theintercept.com/2019/10/13/huck-bolsonaro-renova-agora-candidatura/ |urlmorta= no }}</ref>
 
{{referências|ol=2}}
230 299

edições